Governo elabora primeiro protocolo para tratamento de obesidade - Agência Brasil
Governo elabora primeiro protocolo para tratamento de obesidadeAgência Brasil
Por Karen Rodrigues*
Publicado 13/10/2020 11:32 | Atualizado há 3 dias
Rio - Um estudo feito pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) indicou que 23,6% dos cariocas engordaram em média 3 kg nos três primeiros meses da quarentena. O levantamento foi realizado através das redes sociais com 883 moradores do Rio de Janeiro.
Segundo a pesquisa feita por grupo de endocrinologistas, 60% dos cariocas mantiveram o peso, 23,6% aumentou de peso e 17% diminuiu o peso nos três primeiros meses em casa durante o isolamento social.
Publicidade
De acordo com a endocrinologista, Dr. Rosita Gomes, alguns fatores influenciaram no ganho de peso durante este período. “As pessoas passaram a comer mais carboidratos, massas, pães, arroz, diminuíram a quantidade de exercícios ou mantiveram a vida sedentária. As pessoas que começaram a aumentar de peso, começaram a beliscar antes das refeições, comeram fora de hora, ingeriram comidas mais ricas em carboidratos e gorduras e consumiram mais bebidas alcoólicas.”, explica a pesquisadora.
“Outros fatores que predispõem o aumento de peso são a ansiedade e a preocupação com a pandemia.”, continua.
Publicidade
A pesquisa mostra que, aproximadamente, 50% das pessoas antes da pandemia já estavam acima do peso, 33% estavam com sobrepeso e 21% com obesidade.
“Obesidade é uma doença grave, porque vem associada à hipertensão arterial e diabetes. A pessoa com obesidade não respira tão bem quanto uma pessoa normal.”, afirma a endocrinologista.
Publicidade
Dr. Rosita explica que a obesidade é uma doença inflamatória, assim como a covid-19, que “é uma ‘tempestade de citosina’”, o que torna a doença ainda mais grave.
A endocrinologista indica algumas mudanças de hábitos para reverter o quadro acima do peso. “A pessoa deve se forçar a manter os horários normais das refeições, fazer exercício mesmo dentro de casa, procurar comprar alimentos mais saudáveis quando for ao supermercado. Alimentação correta com exercícios é o segredo para a pessoa não aumentar de peso durante a pandemia.”
Publicidade
“As pessoas que diminuíram de peso, foram as que passaram a consumir mais legumes, verduras, frutas e proteínas”, disse a especialista.
*Estagiária sob supervisão de Gustavo Ribeiro