Ensaio da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis - Divulgação
Ensaio da escola de samba Beija-Flor de NilópolisDivulgação
Por O Dia
Publicado 13/10/2020 13:51 | Atualizado há 3 dias
Rio - Uma reunião, nesta terça-feira, na Prefeitura do Rio, deu o pontapé inicial para a definição do calendário do carnaval 2021 e da retomada das atividades nas quadras das escolas de samba. O encontro reuniu o vereador e ex-secretário de Eventos, Felipe Michel, a secretária de Saúde, Bia Busch, o superintendente da Vigilância Sanitária, Flávio Graça, o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, e representante da Beija-Flor, Gabriel David.
Será criada uma comissão para formular um protocolo que será apresentado ao comitê científico da Prefeitura para aprovação. A expectativa é que os eventos nas quadras sejam liberados na próxima fase de retomada, a partir de 1 de novembro, com 50% da capacidade.
Publicidade
Em relação ao Carnaval, haverá uma nova reunião na próxima semana na Fiocruz para avaliar o andamento dos testes da vacina contra a covid-19 e tentar definir uma data no calendário do ano que vem.
"A prefeitura está totalmente aberta ao diálogo com as escolas porque sabe da importância deste setor para a economia, o turismo e a geração de empregos. A Vigilância Sanitária fará um curso de capacitação para os funcionários das escolas para que eles retornem as atividades com toda segurança ", explicou Felipe Michel.
Publicidade
Segundo a Prefeitura do Rio, a divulgação será feita assim que houver novidades sobre as flexibilizações no município.

A Prefeitura ainda alerta que todas as medidas previstas no Plano de Retomada são previsões e podem ser alteradas de acordo com o monitoramento das curvas de contágio da covid-19, e sempre ouvindo o Comitê Científico.