Benedita da Silva em encontro virtual com empresários e personalidades ligadas ao setor de tecnologia e desenvolvimento de softwares na cidade do Rio de Janeiro - Divulgação
Benedita da Silva em encontro virtual com empresários e personalidades ligadas ao setor de tecnologia e desenvolvimento de softwares na cidade do Rio de JaneiroDivulgação
Por O Dia
A candidata da coligação “É a Vez do Povo”, Benedita da Silva, dedicou a manhã desta sexta-feira (16) para conversar com empresários e personalidades ligadas ao setor de tecnologia e desenvolvimento de softwares na cidade do Rio de Janeiro. O encontro foi realizado por meio de uma plataforma virtual.

Por mais de 1h30min, a candidata debateu suas propostas e planos para o segmento. Entre elas, a redução do Imposto Sobre Serviços (ISS) para as empresas do segmento. Benedita se mostrou favorável à reinvindicação e prometeu empenho do executivo municipal para atendê-la. “Temos toda a simpatia pela ideia de disputar as empresas com outras cidades, baixando o ISS para 2%, como outras fizeram. Vocês sabem como o PT valoriza os produtores locais”, disse Benedita.

A candidata entende que o pós-pandemia possa ser uma grande oportunidade para o crescimento das indústrias de software e tecnologia do Rio. Benedita quer equiparar as escolas públicas para reduzir drasticamente o déficit tecnológico nas 1540 unidades de ensino espalhadas pelo município.

Além da melhoria da estrutura instalada, a candidata afirmou que quer garantir um estudo a distância eficiente para todos os alunos da rede. “A pandemia escancarou o abismo digital que separa os estudantes da rede pública dos do ensino particular. Pouquíssimos tinham computadores e banda larga em casa. E o que adianta dar um chip senão tem como e onde usar? Precisamos encarar esse desafio e garantir que todo estudante do Rio tenha um ensino de qualidade em suas casas”.

Para suprir a demanda tecnológica do município, Benedita garantiu que dará incentivos e estímulos para que indústrias e startups se instalem no perímetro da Avenida Brasil, fazendo da região a versão carioca do Vale do Silício californiano.