Material encontrado com os integrantes da organização criminosa - Divulgação
Material encontrado com os integrantes da organização criminosaDivulgação
Por O Dia
Policiais da 33ª DP (Realengo) prenderam, na tarde desta sexta-feira, três homens e apreenderam um adolescente acusados de integrar uma milícia que atua em Guadalupe, Zona Norte do Rio.
Com base em informações do Setor de Inteligência de que milicianos estariam extorquindo moradores da Rua Matiola, os policiais foram até a localidade e dois suspeitos foram abordados pelos agentes em uma guarita que fica no local. Já os outros dois acusados foram encontrados próximo à Avenida Brasil.
Publicidade
Os três presos foram identificados como Juan Carlos Fernandes Ribeiro, Daniel Silva Rosa e Alessandro Pereira Dias. Com eles, foram apreendidos uma arma de fogo e três radiotransmissores, além do caderno da contabilidade. 

Em depoimento, os suspeitos contaram que a milícia era chefiada por um policial militar, de nome Bruno, lotado na UPP do 16º BPM (Olaria), e a arma encontrada seria de propriedade dele. Os três foram autuados pelo crime de constituição de milícia privada, e o adolescente por fato análogo ao mesmo.
De acordo com o delegado Reginaldo Guilherme, que coordenou a ação, a investigação já estava em andamento há cerca de um mês após a morte de um policial militar atribuída a traficantes da comunidade do Muquiço, em Guadalupe. Ainda segundo o titular, as investigações revelaram a proximidade dos milicianos com os traficantes.