Rio de Janeiro - RJ  - 09/10/2020 - Geral - Rede estadual volta as aulas presenciais no dia 19 de outubro, anuncia governo. Retorno so e valido para alunos do 3 ano do Ensino Medio. Outras series ainda nao tem previsao de reinicio. O governo do estado anunciou na manha desta sexta-feira, no Palacio Guanabara, em Laranjeiras, zona sul do Rio, que a volta as aulas presenciais na rede estadual de ensino sera no dia 19 de outubro - na foto, governador em exercicio, Claudio Castro -  Foto Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia - Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Rio de Janeiro - RJ - 09/10/2020 - Geral - Rede estadual volta as aulas presenciais no dia 19 de outubro, anuncia governo. Retorno so e valido para alunos do 3 ano do Ensino Medio. Outras series ainda nao tem previsao de reinicio. O governo do estado anunciou na manha desta sexta-feira, no Palacio Guanabara, em Laranjeiras, zona sul do Rio, que a volta as aulas presenciais na rede estadual de ensino sera no dia 19 de outubro - na foto, governador em exercicio, Claudio Castro - Foto Reginaldo Pimenta / Agencia O DiaReginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Por O Dia
Rio - O governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), afirmou nesta terça-feira, que a investigação sobre o que motivou o incêndio no Hospital Federal de Bonsucesso deverá começar assim que o fogo estiver controlado. Em pronunciamento na porta do Palácio do Planalto, em Brasília, ele afirmou que, pelo que soube até o momento, todos foram socorridos e equipes também conseguiram salvar equipamentos, e agora devemos pensar nos próximos passos.
"O próximo passo então é a Polícia Civil, que já está no local, entrar para fazer toda a questão de perícia para aí começar a investigação e passar para o Ministério Público entender se foi uma causa acidental ou uma causa criminosa", afirmou Castro. No entanto, como o hospital é gerido pelo governo federal, cabe à Polícia Federal instaurar investigação.
Publicidade
O incêndio no Hospital Federal de Bonsucesso começou na manhã de hoje, e o Corpo de Bombeiros foi acionado às 9h50 para a ocorrência e, no local, houve movimentação intensa de ambulâncias para fazer transferências de pacientes e de funcionários que carregavam equipamentos, e estruturas como sofás.
O edifício atingido pelo foi incêndio foi o prédio 1, onde ficam as enfermarias e são realizados exames de imagem. O fogo começou no subsolo do pavilhão e atingiu o almoxarifado, onde fraldas ficam guardadas. Ainda não há informações sobre a causa do incidente.
Publicidade
Segundo o Hospital Federal de Bonsucesso, a brigada de incêndio da unidade removeu 162 pacientes da enfermaria do prédio 1 para o prédio 2 até a chegada do Corpo de Bombeiros. Ao todo, 289 pacientes estavam internados na unidade, dois morreram, 143 já foram transferidos e outros 144 ainda serão levados para outros hospitais.
Alguns pacientes foram realocados na área externa no fundo do hospital. Eles ficaram deitados em colchões no chão. Lençóis foram pendurados para conferir alguma privacidade aos pacientes. Um contêiner ao lado do prédio 2 também recebeu equipamentos e pacientes evacuados da emergência.
Publicidade
A Polícia Federal informou que instaurou inquérito para investigar as circunstâncias do incêndio. Agentes estiveram na unidade de saúde para o início das investigações, e aguardam o resfriamento do local do incêndio para realizar a perícia.