Imagens registram ação de bandidos em shopping - Reprodução/ O DIA
Imagens registram ação de bandidos em shoppingReprodução/ O DIA
Por O Dia
Rio - Imagens de câmeras de segurança do Parque Shopping Sulacap mostram bandidos em ação. Nos vídeos é possível ver como o trio de Goiás agia para furtar celulares e eletrônicos utilizando o duto de ventilação do centro comercial. Um dos criminosos desce à loja sem camisa. Ele rouba caixas de celulares e ao retornar, danifica o teto de gesso do estabelecimento. 
O trio agia durante a madrugada. Nas imagens é possível ver quando um dos criminosos invade o shopping e se esconde. Quando o funcionamento do centro comercial se encerra, ele furta os produtos. Durante a manhã, recebe apoio de comparsas e deixa o local, se passando por frequentador do shopping.
Publicidade
Policiais civis da 21ª DP (Bonsucesso) prenderam no domingo (29) os três homens responsáveis por esses furtos. Tiago Gonçalves dos Santos e os irmãos Yan de Souza de Jesus e Iure de Souza Lima foram detidos em flagrante dentro de um ônibus do BRT, na estação Parque Olímpico. 
Publicidade
O delegado responsável pela investigação, Hilton Alonso, conta que a polícia já identificou que há diversas pessoas oriundas do Estado de Goiás que vem ao Rio cometer este tipo de crime. " A gente já vinha apurando de uma forma global estas ações. Esta quadrilha específica, conseguimos visualizar a onde seria o local do crime deles e abordamos eles na saída do local", conta o titular.
A Polícia trabalha para identificar outros grupos que cometem este crime no Rio. "Eles mesmos citam em depoimentos outros casos de furtos que participaram com terceiros. Dois deles, Yan e Iure, já foram presos em flagrante com outros comparsas. Eles vão captando gente de outros estados pra fazer furtos no Rio e retornar", explica Hilton Alonso.
Publicidade
Segundo a Polícia Civil, eles haviam acabado de assaltar uma loja e foram monitorados. O trio estava com uma mochila repleta de celulares e relógios.

Em depoimento, os três, que são do estado de Goiás, confessaram o crime do furto. Eles disseram que estavam hospedados em uma casa na Rocinha, na Zona Sul.

Em consulta aos casos ocorridos no Rio de Janeiro, constatou-se que Yan já havia sido preso em flagrante em novembro de 2019, após o furto de uma loja de celulares no shopping Nova América. Já Iure, possui duas anotações pelos crimes de corrupção de menor e furtos, fatos cometidos em shoppings centers dos bairros de São Conrado e Leblon, nos anos de 2016 e 2017.