Operação da Polícia Civil tenta prender milicianos que invadiram conjunto habitacional em Santa Cruz - Divulgação
Operação da Polícia Civil tenta prender milicianos que invadiram conjunto habitacional em Santa CruzDivulgação
Por O Dia
Rio – Agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas (Draco), que fazem parte da Força-tarefa da Polícia Civil, realizam nesta quarta-feira (2) uma operação para prender milicianos responsáveis por invadir um conjunto habitacional em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio.

Investigações apontam que após tomar a ‘administração’ do local, o grupo paramilitar expulsou alguns moradores, tomando para si os apartamentos vazios. Os policiais estiveram em dois endereços. 

Os agentes tentam cumprir seis mandados de prisão. Um deles, contra o miliciano Wellington Silva Braga, o “Ecko”, chefe da maior milícia do estado.

Alem dele, foram indiciados Wallace Luís dos Santos; Uerlin de Oliveira Pereira; Raiana de Almeida Andrade; Liliane Oliveira da Silva e Ryan Oliveira da Costa.

Todos respondem pelos crimes de organização criminosa e extorsão.