Polícia Federal faz operação contra exploração sexual infantil - Reprodução de vídeo
Polícia Federal faz operação contra exploração sexual infantilReprodução de vídeo
Por O Dia
Rio - A Polícia Federal deflagrou a Operação Sextourismus contra exploração sexual infantil, em Búzios, na Região dos Lagos, na manhã desta quarta-feira. Agentes cumprem mandado de busca e apreensão, expedido pela 1ª Vara federal de São Pedro da Aldeia, na casa de um suspeito. A ação ocorre em um esforço conjunto de vários países no combate ao crime e em defesa dos direitos humanos.
A Interpol do Canadá identificou que desde 2013 o suspeito distribuía arquivos com cenas de abuso sexual infantil em uma rede internacional, após as investigações confirmarem que os acessos ilícitos partiam do Brasil, as informações foram encaminhadas para as autoridades brasileiras.
Publicidade
De acordo com as investigações da polícia, o suspeito era proprietário de uma empresa de VPN (rede privada virtual) desde 2009, serviço que permite a navegação de forma anônima pela Internet. O homem foi monitorado, localizado e nesta quarta, agentes cumprem o mandado.
Os equipamentos apreendidos, entre eles notebooks e celulares, serão encaminhados à perícia técnica criminal para o aprofundamento das investigações.

A exploração sexual infantil ocorre através do turismo sexual, do tráfico de crianças, da prostituição infantil e da pornografia infantil.

A PF ainda informou que o nome da operação significa turismo sexual em alemão, nacionalidade do investigado.