Mulher é baleada em Manguinhos apos policiais serem atacados por bandidos - Reprodução TV Record
Mulher é baleada em Manguinhos apos policiais serem atacados por bandidosReprodução TV Record
Por O Dia
Rio – Uma mulher foi baleada por bala perdida, na tarde desta quarta-feira (2), após traficantes da favela de Manguinhos atacarem uma equipe da Polícia Civil que dava apoio a técnicos da concessionária Light, que realizavam uma ação de combate ao furto de energia nos acessos à comunidade.

De acordo com a polícia, agentes da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) e da 21ª DP (Bonsucesso) estavam em pontos estratégicos para que os técnicos conseguissem trabalhar.

Criminosos de dentro da comunidade efetuaram os disparos, e atingiram a mulher que é moradora da região. Ela foi atingida por pelo menos dois tiros.

Os próprios agentes socorreram a vítima e a levaram para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro da Rio, onde segue internada. Seu estado de saúde é estável.

Em nota, a concessionária Light explicou que uma equipe encontrou ligações clandestinas em um galpão que funcionava como uma fábrica de gelo. Segundo a Light, o consumo do estabelecimento era de 40 mil quilowatts, equivalente ao abastecimento de quase 200 residências.

O dono da fábrica de gelo foi conduzido à 21ª DP para prestar depoimento. Segundo a Polícia Civil, o furto de energia é considerado crime, com pena prevista de até oito anos de prisão para quem for pego em flagrante e condenado pela justiça.