SMTR inicia ação integrada, em parceria com outros órgãos municipais, para oferecer um serviço de mais qualidade aos usuários do BRT - Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
SMTR inicia ação integrada, em parceria com outros órgãos municipais, para oferecer um serviço de mais qualidade aos usuários do BRTReginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Por O Dia
Rio - A Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) inicia na próxima segunda-feira (4), às 5h30, na Estação do BRT Santa Cruz, uma ação integrada, em parceria com outros órgãos municipais, para oferecer um serviço de mais qualidade aos usuários do BRT e reduzir o risco de transmissão da Covid-19. No mesmo dia, às 17h, as equipes estarão no Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca. A operação contemplará as 26 estações com maior movimento de passageiros.

"Vamos focar em ações emergenciais de curto prazo, com ordenamento, limpeza, pequenos reparos nas estações e fiscalização dos serviços prestados para garantir mais conforto aos usuários, maior sensação de segurança e agir preventivamente contra a Covid", afirmou a secretária municipal de Transportes, Maína Celidonio.
Publicidade

Os trabalhos serão realizados nas próximas duas semanas e terão a participação das secretarias de Ordem Pública, Saúde, Assistência Social, Conservação, Comlurb, CET-Rio, Rioluz e Subprefeituras, em conjunto com o BRT Rio, operador do sistema, para solucionar as irregularidades já identificadas em cada estação e no seu entorno.

Além de distribuição de máscaras aos usuários e orientações sobre protocolos sanitários, haverá acolhimento da população em situação de rua, combate ao comércio ambulante e ao calote nas estações, recolhimento de lixo, reforço na iluminação, poda de árvores, reparos da calha do BRT, calçadas e travessias, fiscalização do transporte alternativo irregular, entre outros serviços.

As 21 estações que serão beneficiadas com a ação integrada da prefeitura são: Terminal Alvorada, Terminal Madureira – Paulo da Portela, Mato Alto, Taquara, Magarça, Vicente de Carvalho, Terminal Jardim Oceânico, Curicica, Pingo D´Água, Salvador Allende, Bosque Marapendi, Mercadão, Aracy Cabral, Gláucio Gil, Madureira - Manaceia, Recreio Shopping, Tanque, Terminal Aroldo Melodia, Terminal Recreio e Via Parque.

Reabertura de sete estações

A Secretaria de Transportes também elaborou um plano para a reabertura de sete estações nos corredores de BRTs no primeiro mês de trabalho – todas na Zona Oeste. Atualmente, há 56 estações do BRT fechadas, a maioria por problemas de vandalismo e de segurança. Até o início de fevereiro está prevista a reativação das estações Pinto Teles, Bosque Marapendi (Módulo Expresso), ambas com previsão de voltar a funcionar já nessa segunda-feira, Tanque (Módulo Expresso), André Rocha, General Olímpio, Nova Barra e Praça do Bandolim. Todas estão passando por pequenos reparos. Durante o mês de janeiro, a secretaria divulgará um cronograma de reabertura de outras estações.

Superlotação

Para reduzir a superlotação dos ônibus, a SMTR está desenvolvendo um estudo, junto ao BRT Rio, sobre a frota disponível de ônibus articulados e a demanda de passageiros. O objetivo é reorganizar a distribuição de linhas e diminuir a concentração de passageiros nas estações, principalmente em horários de pico da manhã e à tarde.