Fontes avaliam que prefeito terá trabalho para aprovação do texto - Reginaldo Pimenta
Fontes avaliam que prefeito terá trabalho para aprovação do textoReginaldo Pimenta
Por Yuri Eiras
Rio - Os 51 vereadores empossados nesta sexta-feira escolheram o vereador Carlo Caiado (DEM) para presidente da Câmara Municipal no próximo biênio (2021/2022). O cargo era ocupado por Jorge Felippe, do mesmo partido. A eleição de um parlamentar do DEM fortalece ainda mais a gestão de Eduardo Paes (DEM), já que Caiado participou da coordenação de campanha do então candidato. Ele teve aproximadamente 26 mil votos nas eleições.
Na eleição entre parlamentares, Caiado teve 44 votos a favor, sete abstenções e nenhum voto contrário. O primeiro ato à frente da mesa, antes de comandar a sessão, foi pedir um minuto de silêncio em memória às vítimas da Covid-19. O vereador chorou ao ler a carta de agradecimento, e citou nominalmente César Maia, Jorge Felippe e Eduardo Paes, caciques do seu partido no âmbito municipal.
Publicidade
A estrutura da mesa diretora da Câmara Municipal ficou assim: Carlo Caiado (DEM) presidente; Tânia Bastos (Republicanos) vice-presidente; Luciano Vieira (AVANTE) segundo vice-presidente; Rafael Aloísio Freitas (Cidadania) primeiro secretário; Marcos Braz (PL) segundo secretário; Jones Moura (PSD) primeiro suplente; e Tainá de Paula (PT) segunda suplente.
Além de dar sequência aos trabalhos administrativos da Casa, que retorna no dia 18 de fevereiro, Caiado também terá o papel de mediar possíveis ânimos acirrados, fruto dos conflitos ideológicos. A composição de vereadores mistura nomes ultraconservadores, como o do policial youtuber Gabriel Monteiro (PSD) e do filho do presidente da República, Carlos Bolsonaro (Republicanos), e de nomes da esquerda que assumem primeiro mandato, como Tainá de Paula (PT) e Mônica Benício (PSOL), viúva de Marielle Franco. Republicanos e PSOL, além do DEM, são os partidos com mais parlamentares, com sete cada um.
Publicidade
Carlos Bolsonaro (Republicanos) será vereador por mais um mandato - REGINALDO PIMENTA/AGÊNCIA O DIA
Carlos Bolsonaro (Republicanos) será vereador por mais um mandatoREGINALDO PIMENTA/AGÊNCIA O DIA