Projeto será debatido em audiência antes de ir ao plenário
Projeto será debatido em audiência antes de ir ao plenárioJulia Passos/ Divulgação Alerj
Por O Dia
Rio - Agentes públicos do estado podem ser proibidos de apreender mercadorias, bens ou equipamentos de comerciantes que descumprirem os decretos restritivos relacionados à Covid-19. É o que determina o projeto de lei da deputada Alana Passos (PSL), que começou a tramitar na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) nesta sexta-feira (23).
A proposta prevê que a medida, se for aprovada, deve ser cumprida durante a pandemia. Segundo o argumento da deputada, muitos comerciantes estão tendo bens apreendidos até mesmo por ultrapassarem minutos do horário permitido para o funcionamento definido pelos decretos.
Publicidade
“As restrições quanto ao funcionamento do comércio já são rígidas demais e estão causando prejuízos. Neste momento tão sensível, não podemos aceitar que comerciantes continuem tendo seus meios de subsistência apreendidos, muitas vezes sendo vítimas de abordagens intempestivas e truculentas”, defende Alana Passos.
A deputada também quer isentar os comerciantes de qualquer tipo de multa ou sanção por causa dos decretos de enfrentamento à pandemia.