Decreto da posse de armas

Por

Não vi nenhuma mudança efetiva e concreta em relação ao que se pretende com o planejado decreto de posse de armas. Duas armas permitidas, sempre foi assim. Cofre, idem. Flexibilidade nenhuma. Tem que revogar esse Estatuto do Desarmamento inteiro e criar um estatuto novo, e não um decreto com poucas mudanças.

Marcio Pereira

Via Facebook

Voto secreto

no STF

É um acinte contra toda a população brasileira a decisão do STF sobre o voto secreto na eleição para as presidências da Câmara e do Senado. Decisão monocrática, que ajudacorruptos a serem eleitos na "calada da noite". Certamente, se espera julgamento oposto no plenário desta mesma Corte. A quantidade de processos que Renan Calheiros tem no próprio STF, por exemplo, já deveria ser cogitada antes desta esdrúxula decisão. Mesmo com a possibilidade de deliberação diversa futura, o veredito já perdeu o "bonde da história". Este julgamento já maculou o Supremo.

João Coelho Vítola

Brasília

Todos iguais

Está na Constituição: todos são iguais perante a lei, mas o senador Flávio Bolsonaro ignora isso e se recusa a depor no MPRJ como qualquer brasileiro. De modo covarde, se vale do foro privilegiado, e não esclarece nada sobre o episódio 'Queiroz'. Seu comportamento é igual ao dos políticos da quadrilha do PT, tão combatidos por ele, e constitui um desrespeito ao povo que acreditou em mudanças.

Augusto Cesar de Almeida

Del Castilho

Gleisi na Venezuela

Gleisi Hoffman, de nariz empinado, foi para a posse de Nicolás Maduro. Tomara que tenha ido de mala e cuia, para morar lá. Já vai tarde, porque por aqui não faz nenhuma falta. Não deixa saudades. Se viajou pretendendo insultar Bolsonaro, quebrou a cara. Gleisi insulta, na verdade, a maioria esmagadora do povo brasileiro, que nas últimas eleições foi às urnas, ajudando a liquidar definitivamente o PT.

Vicente Netto Limongi

Brasília

Comentários