A rasteira carioca de cada dia

Era pouco mais de nove horas quando a repórter Amanda Ribeiro, da Rádio Tupi, pede urgente pra entrar ao vivo...

Por Isabele Benito

Tá desorganizado!
Tá desorganizado! -
Rio - Era pouco mais de nove horas quando a repórter Amanda Ribeiro, da Rádio Tupi, pede urgente pra entrar ao vivo. Não entendi muito a urgência já que a última informação que chegava era que o fogo no apartamento de Higienópolis tinha sido controlado.

Ela, mãe de dois filhos, mal consegue dar a notícia e chama um entrevistado que narra com detalhes a luta do pai para salvar o filho.

Era o angolano... que estava com o pequeno Gabriel...

“Ele tentou com todas as forças passar o menino pela grade, até se render às chamas e caírem os dois no chão em meio à fumaça preta”.

Silêncio total no estúdio. Era possível ouvir o choque que tomou conta de todo mundo e em seguida alguns já estavam chorando...

Corri pra TV e lá entrei ao vivo com Sid Marcus, repórter com mais de vinte anos de profissão acostumado em grandes coberturas, de Copas a grandes tragédias.

Pai de dois filhos, em frente ao apartamento simples e chamuscado pelo fogo, ele também pede desculpas e vem as lágrimas.

Dois episódios que mostram que mesmo quem vê e noticia o Rio de todo dia chega à flor da pele com os fatos.

É uma pancada forte por semana, ou até mais de uma...

Uma pena que lágrimas não vão mudar a vida de tantas famílias que sofrem. Seja por incêndio, tiro e até desabamento.

A gente torce pra que essa cidade volte um dia a sorrir. Só nos resta acreditar.

3,2,1... É DEDO NA CARA!
PINGO NO I
A coluna sabe que ainda falta um pouco para o verão chegar, mas o sol já vem dando as caras.. A temperatura beirando os 40 graus... Mas a falta de consciência das pessoas ultrapassa qualquer limite e ainda põe em risco a vida dos outros.

Depois de tantos anos de trabalho educativo de combate ao mosquito da dengue é vergonhoso a gente ainda ter um número alto de casos todo ano.

E o pior... Nos casos de Dengue e Chikungunya neste verão, o aumento deve ser de 600%.

Culpa de quem? Da gente mesmo!

Uma pesquisa do Ministério da Saúde mostra que 96% dos brasileiros sabem o que fazer para prevenir essas doenças, mas só 18% dizem fazer o “dever de casa”.

Aqui no Rio, a falta de educação impera. Na praia da Brisa, em Guaratiba, os moradores reclamam da lixarada e da água parada provocada pela própria vizinhança, fortalecendo o mosquito mais e mais.

Bora colocar o pingo no i...

De nada adianta cobrar as autoridades se você, cidadão, não faz a sua parte. Bora cobrar mais e agir também!
TÁ DESORGANIZADO!
Uma verdadeira polêmica. De um lado, moradores reclamando da grande desordem nas calçadas da Tijuca. Do outro, camelôs exercendo seu direito de trabalhar.

Os pedestres dizem que não conseguem transitar pelas calçadas do bairro, tamanha é a quantidade de barracas, que vendem de tudo um pouco.

Os camelôs se defendem, alegando querer apenas o seu sustento, tendo em vista a quantidade de desempregados no município. Preferem trabalhar do que roubar, dizem eles.

A grande questão não é o duelo das partes, pois tanto o morador quanto o camelô estão na sua razão. É o que deveria estar sendo feito para melhorar todos os lados... Vista grossa dos órgãos competentes?

Tudo na conversa é resolvido, principalmente pra que seja encontrada uma solução.

Por isso, se você me perguntou se tá feio ou tá bonito... Tem que organizar, pra que no final todo mundo saia ganhando. E tenho dito.

Comentários