Só vendo pra crer!

Um vídeo que rola nas redes sociais mostra um policial militar descontrolado, gritando com uma moradora do morro da Babilônia, no Leme, Zona Sul da cidade

Por Isabele Benito

Vídeo mostra policial militar descontrolado, gritando com uma moradora do Morro da Babilônia, no Leme
Vídeo mostra policial militar descontrolado, gritando com uma moradora do Morro da Babilônia, no Leme -
Rio - Olha, têm certas situações no Rio de Janeiro, que se os meus olhos não vissem, eu realmente não acreditaria...

Um vídeo que rola nas redes sociais mostra um policial militar descontrolado, gritando com uma moradora do Morro da Babilônia, no Leme, Zona Sul da cidade.

Nas imagens, o PM coloca o dedo na cara da mulher e em seguida a empurra, fazendo com que a mesma caia no chão.

A gente tem consciência de que o Policial Militar no Rio de Janeiro vive no fio da navalha, motivado pelo estresse e pressão do dia-a-dia... Mas nada justifica a atitude deste agente, mesmo que a moradora tenha o provocado, já a que a autoridade ali é ele!

Isso prova o quão no limite os policiais do Rio estão. Que eles precisam de apoio, suporte psicológico para que possam servir a população de forma eficaz, sem colocar em risco a vida do outro.

Como os moradores de comunidades vão acreditar no trabalho da polícia? É inacreditável e inaceitável...

Ah! E adivinhem quem ganha com isso? O tráfico! Porque quanto o mais o abismo entre a população e polícia ficar exposto, mais o crime vai se enraizar.

Tá tudo errado...

3,2,1... É DEDO NA CARA!
PINGO NO I

A semana nacional do Trânsito acaba hoje. Mesmo com todas as ações de conscientização da responsabilidade que os motoristas devem exercer no dia-a-dia, uma decisão vem me deixando muito preocupada...

O deslizamento de 2.800 radares de velocidade nas vias federais. Muita gente vai comemorar isso, o que demonstra ainda mais a falta de consciência.

Não toma multa quem não ultrapassa a velocidade e ponto.

Os radares reduziram de forma muito significativa os acidentes graves em todo o Brasil... Então não seria um equívoco designar algo que poupa nossas vidas?

Bora colocar o pingo no i...

A vida não é um brinquedo que a gente troca de lugar quando quer. Ela é uma só e deve estar em primeiro lugar, seja onde for e a que custo for.
TÁ BONITO!

A nossa coluna não cansa de comentar sobre o orgulho em que a gente deve sentir dos nossos Bombeiros.

Depois de 17 dias e quase 140 horas de trabalho duro na serra do Cachimbo, lá no Pará, combatendo as chamas que destruíam a Amazônia, cerca de 30 bombeiros retornaram ao Rio no último final de semana.

Na bagagem trouxeram o sentimento de missão cumprida... E também a honra de defender essa farda que deve muito ser valorizada por nós.

Parabéns pra toda corporação!

Por isso, se você me perguntou se tá feio ou tá bonito... O desafio foi superado mais uma vez, e tenho dito.

Comentários