Com testagem rápida, Queimados vê casos de covid-19 dispararem em maio

Município diz que esperava aumento e considera números mais próximos da realidade

Por HUGO PERRUSO

Apesar do menor número, comparado a outros municípios da Baixada, ainda há muita gente na rua
Apesar do menor número, comparado a outros municípios da Baixada, ainda há muita gente na rua -
Queimados - O avanço da covid-19 pela Baixada Fluminense é constatado nos números diários, que não necessariamente refletem a realidade. Com a subnotificação e a falta de exames, a quantidade de casos tende a ser muito maior do que a oficial na região. Um exemplo está no caso de Queimados, que viu a curva de confirmações da doença subir consideravelmente após iniciar a testagem rápida.
No início de maio, a Secretaria Municipal de Saúde de Queimados havia contabilizado 69 casos positivos e seis óbitos por covid-19. No último balanço divulgado pelo município, no dia 11, o número de confirmações da doença explodiu para 408, com 8 mortes. Essa diferença em apenas duas semanas se dá ao maior número de exames realizados.
Após adquirir 10 mil testes rápidos, Queimados primeiro fez exames em profissionais de saúde e pacientes internados. E desde o dia 4 está realizando em casos suspeitos na cidade.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Queimados em nota, mais de 500 testes rápidos já foram realizados. Desde então o número de casos confirmados do novo coronavírus na cidade aumentou quase seis vezes.
"O aumento já era esperado pela gestão devido à procura de atendimentos com sintomas de síndrome gripal nas unidades de saúde. Vale ressaltar que esses pacientes estavam sendo acompanhados pela equipe de monitoramento. Agora estamos muito mais próximos da realidade em relação ao número de casos na cidade. O que nos permite um melhor direcionamento das ações de prevenção e controle da doença", diz a nota.
Um novo boletim epidemiológico só será liberado pela prefeitura de Queimados hoje. No último levantamento, no dia 11, além das 408 confirmações e oito óbitos, 116 casos haviam sido descartados, assim como cinco mortes. Havia 49 casos suspeitos.
Para um paciente realizar o teste rápido, que tem 87% de confiabilidade segundo Queimados, ele primeiro precisa ser atendido por um médico da unidade de saúde, que se julgar necessário, fará o pedido do exame. Há cinco pontos de testagem: Valdariosa, Fanchem, Santiago, Belmonte e Centro de Triagem anexo ao Cethid.

Movimento nas ruas

A maioria dos lojistas está respeitando o decreto municipal - Luciano Belford
A equipe de reportagem de O DIA esteve no centro de Queimados no início da tarde de quarta-feira e, apesar do número alto de pessoas ainda circulando pelas ruas, o número era menor do que em outros municípios da Baixada, como São João de Meriti e Duque de Caxias. Lojas de serviço não essencial estavam fechadas, respeitando o decreto da cidade.
Horas antes, entretanto, alguns comerciantes e ambulantes ainda tentavam seguir com as vendas no centro de Queimados. Agentes da Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Pública orientaram essas pessoas a fecharem, o que foi cumprido.
A Prefeitura promete intensificar esse tipo de operação, que conta com o apoio da Guarda Municipal, policiais militares do Proeis (Programa Estadual de Integração na Segurança) e servidores. E promete ser mais dura em caso de resistência, aplicando multas.
“Nosso trabalho está sendo de conscientização, por isso estamos orientando os comerciantes para que mantenham seus estabelecimentos fechados. Vamos continuar fiscalizando essas medidas, mas em caso de descumprimento seremos obrigados a tomar medidas mais severa”, afirmou o secretário de Segurança e Ordem Pública, Enéas Costa.

Galeria de Fotos

Apesar do menor número, comparado a outros municípios da Baixada, ainda há muita gente na rua Luciano Belford/Agência O Dia
Rio de Janeiro 13/05/2020 - Covid-19 - Movimentacao no centro de Queimados. Foto: Luciano Belford/Agencia O Dia Luciano Belford/Agência O Dia
Rio de Janeiro 13/05/2020 - Covid-19 - Movimentacao no centro de Queimados. Foto: Luciano Belford/Agencia O Dia FOTOS Luciano Belford
Cinco unidades de saúde municipais oferecem o teste rápido. Para eficácia do exame, é necessário apresentar sintomas há pelo menos uma semana Divulgação
Cinco unidades de saúde da cidade oferecem a testagem. É preciso ter sintomas há pelo menos uma semana para eficácia do teste Divulgação
Cinco unidades de saúde municipais oferecem o teste rápido. Para eficácia do exame, é necessário apresentar sintomas há pelo menos uma semana Divulgação
Fiscalização atuou ontem no Centro de Queimados Divulgação

Comentários