Semana do Meio Ambiente começa com um alerta

Nova Iguaçu fará campanha de combate à queimadas e Belford Roxo aposta em conscientizar

Por O Dia

Atividades online, como por exemplo oficinas, vão marcar a programação. Haverá ainda distribuição de panfletos
Atividades online, como por exemplo oficinas, vão marcar a programação. Haverá ainda distribuição de panfletos -

Atenta ao período de queimadas que começa em junho, a Prefeitura de Nova Iguaçu vai lançar campanhas educativas em regiões com maiores índices de incêndios florestais. Agentes da Guarda Ambiental Municipal (GAM) irão distribuir panfletos para orientar a população sobre os perigos de atear fogo na mata e suas consequências. A cidade registrou em maio deste ano, cinco casos de incêndios. São três a mais que o mesmo período de 2019.

O risco de incêndios florestais na Serra de Madureira está no nível considerado muito elevado, segundo uma tabela elaborada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O aumento se deve ao outono e a baixa umidade relativa do ar, que está em torno de 40%. Além disso, ventos fortes, uma característica da atual estação, acabam propagando a queimada na mata seca.

A prefeitura alerta ainda, preocupação com a fumaça que é prejudicial à saúde, principalmente em período de pandemia da covid-19, que ataca os pulmões, deixando a pessoa com a respiração fragilizada.

"Vamos continuar fiscalizando e fazendo vistorias em nossas áreas com a guarda ambiental. Muitos destes incêndios são criminosos", afirma a secretária de Meio Ambiente, Fernanda Braga.

Do mês de janeiro até o mês de maio de 2020, mais de 33 hectares de mata foram atingidos por incêndios, 17 a mais que no mesmo período de 2019, segundo a prefeitura.

Bate-papo online

Entre os locais com maiores registros de queimadas estão o Morro da Botinha, Morro do Cruzeiro e o local conhecido como 'Vai e Vem', todos no bairro do K-11, e na região que fica próxima ao bairro do Danon.

A Semana do Meio Ambiente será comemorada de um jeito diferente em Belford Roxo. Devido à pandemia do novo coronavírus, as atividades do projeto EcoBel acontecerão no formato digital. Serão cinco edições, até sexta-feira, com com vídeos, dicas e oficinas temáticas. E todos os dias serão transmitidas duas lives com especialistas.

As transmissões ao vivo, estão divididas em dois horários. A primeira acontece hoje, às 19h, com a participação de diretores das escolas integrantes do Programa de Educação Ambiental (PEA).  O segundo horário será sempre às 20h, com bate-papos com especialistas na área de meio ambiente.

Para assistir e acompanhar as oficinas basta acessar um dos canais nas redes sociais da Secretaria de Meio Ambiente pelos links: www.facebook.com/SEMABelfordRoxo/ ou instagram.com/semabelfordroxo/?hl=pt-br.

Galeria de Fotos

Atividades online, como por exemplo oficinas, vão marcar a programação. Haverá ainda distribuição de panfletos fotos Divulgação
Semana do Meio ambiente em Belford Roxo Divulgação

Comentários