Mulheres se reúnem na porta da Alerj protestando a favor do aborto

Concentração começou às 16h e logo depois elas caminharam pelas ruas do Centro

Por luis.araujo

Rio - Centenas de mulheres foram para porta da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) protestar a favor da legalização do aborto e denunciar condições que são submetidas em seus locais de trabalho. O ato foi marcado nesta terça-feira, justamente por ser o Dia Internacional da Mulher. O grupo caminhou por algumas ruas do Centro. A Polícia Militar e Cet-Rio acompanharam o ato pacífico. 

Com o lema "É pela vida das mulheres, legalizar o aborto já! Não podemos pagar pela crise!", as manifestantes se concentraram por volta de 16h nas escadarias da Alerj para denunciar a CPI do aborto que tramita na casa. 

Vários temas foram abordados pelas mulheres na manifestaçãoReprodução Internet

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, por volta de 18h45 minutos doi interditada temporariamente a Rua 1º de Março com Rua da Assembleia causando trânsito na região. Logo depois, foi liberada a Rua Primeiro de Março, na altura da Rua da Assembleia e a R. da Assembleia acabou sendo totalmente fechada. Por volta de 19h20, a Rua da Assembleia foi totalmente liberada e a Avenida Rio Branco interditada na altura da Av. Pres. Vargas. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia