O barato aqui é mesmo alugar

As vantagens são os valores mais acessíveis e não repetir o look

Por aline.cavalcante

Natália optou por alugar o vestidoEdson Taciano

Uma roupa usada em um momento importante, por exemplo, é um registro que muitas pessoas gostam de guardar. Mas será que vale a pena guardar uma peça por tanto tempo? Para João Carlos da Rocha, supervisor da loja de aluguéis Lu Rodrigues, em São João de Meriti, a resposta é não.

“Comprar é mais caro. Roupas de festas, geralmente são usadas uma única vez. O valor do aluguel é mais viável e quem aluga ainda pode usar uma roupa a cada evento, sem repetir”, afirma João.

Natália Rodrigues só casa em 2017, mas já decidiu: vai alugar seu vestido de noiva. “Comprar é bem mais caro e mandar fazer, tem o risco de não ficar como eu quero. Assim não tem erro”, diz.

Muitos homens também preferem alugar um terno. Na Flower Noivas, em Nova Iguaçu, por mês, cerca de 200 ternos são alugados. “Os homens, no geral, não usam muito o terno, então a melhor opção é alugar”, aconselha o supervisor da loja, Rafael.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia