De olho no futuro do esporte

Visando a investir em novos atletas, vilas olímpicas passam por reformas. Nilópolis vai ganhar quadra de tênis doada por Guga

Por aline.cavalcante

Jogos Olímpicos acabaram, mas parece que os deuses do Olimpo deixaram sua marca pela Baixada Fluminense. A Vila Olímpica de Nilópolis está passando por reformas e se transformará em um dos mais modernos centros esportivos da região. E a novidade: uma quadra de tênis doada pelo tenista Gustavo Kuerten, o Guga. Recém-reformada, a Vila Olímpica de São João também seguirá com as mudanças.

A quadra de tênis, em Nilópolis, será inaugurada ainda este mês. Depois disso, as obras seguem até o fim do ano. Mais de duas mil pessoas serão beneficiadas.

“Nilópolis sempre foi um celeiro de atletas. Com as reformas que estão sendo feitas, certamente vamos descobrir e preparar novos talentos, e eles, quem sabe, representem o país nas próximas olimpíadas”, disse o subsecretário de Esporte e Lazer, Marco Antoni.

As obras custaram cerca de R$ 4,5 milhões. Os recursos são do governo federal. 

Além da quadra de tênis, a vila terá ainda uma piscina e uma quadra de areia, e a pista de atletismo receberá o mesmo piso que foi utilizado no estádio do Engenhão para os Jogos 2016. O campo de futebol vai ganhar grama sintética.

Atualmente, a Vila Olímpica de Nilópolis oferece mais de 20 modalidades esportivas, danças, ginástica e pilates.

“Em período em que as modalidades olímpicas estão bem frescas na mente da população, principalmente, porque a competição foi no Rio, é importante manter fácil acesso à prática de esportes para incentivar e preparar futuros atletas”, disse o prefeito Sandro Matos, de São João de Meriti, que reinaugurou a vila olímpica há cerca de um mês.

Se por um por lado Nilópolis e São João de Meriti tem investido nas vilas olímpicas das respectivas cidades, em Belford Roxo o cenário é outro. As obras, previstas para acabar em novembro de 2015, estão paradas. A pista está esburacada, e a área de convivência, com bancos destruídos. “Já caí duas vezes na pista. Infelizmente está abandonada”, reclama Kassia Sara.

Em Caxias, a reclamação também é por conta da pista de corrida. A prefeitura informou que aguarda verba do governo federal para as obras reformas.

Já a Prefeitura de Belford Roxo não respondeu até o fechamento desta edição.


Escolha qual esporte fazer na sua área

>São João de Meriti: Rua Milton, bairro Grande Rio, São João de Meriti.
Modalidades: caminhada, corrida, academia, ginástica, judô, jiu-jítsu e capoeira. Informações: 2753-6558.

>Nilópolis: Rua José Martins, Frigorífico, Nilópolis.
Modalidades: balé, zumba, dança de salão, ginástica, pilates, treino funcional, futsal, handebol, vôlei, futebol, hóquei de quadra e handebol para cadeirantes. Informações: 3760-1196

>Duque de Caxias: Rua Garibaldi, Jardim Vinte e Cinco de Agosto.
Modalidades: atletismo, badminton, basquete, futebol, handebol, judô, natação, tênis, vôlei, musculação, caratê e xadrez.Informações: 2653-4874

>Belford Roxo: Rua Lecílio, Nova Piam.
Modalidades: atletismo, basquete, caratê, capoeira, futevôlei, futsal, futebol society, handebol e vôlei. Informações: 2761-7275

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia