As 13.149 doses chegaram em São Gonçalo nesta terça-feira (19), no início da tarde - Divulgação
As 13.149 doses chegaram em São Gonçalo nesta terça-feira (19), no início da tardeDivulgação
Por Irma Lasmar
SÃO GONÇALO - A Prefeitura inicia nesta quarta-feira (20), às 10 horas, no Hospital Municipal Luiz Palmier, no bairro Zé Garoto, a imunização contra o coronavírus. A técnica de enfermagem Marluse Gomes da Silva, de 54 anos, será a primeira funcionária da Saúde do município a receber a Coronavac na cidade. Maria José de Souza Silva Santos, de 96 anos, a mais idosa residente do Abrigo Cristo Redentor, no bairro Estrela do Norte, será a segunda gonçalense e a primeira da instituição de longa permanência de idosos a ser vacinada contra a Covid-19. As 13.149 doses chegaram em São Gonçalo nesta terça-feira (19), no início da tarde. O prefeito Capitão Nelson acompanhou pessoalmente a operação. (FOTOS NA GALERIA AO FINAL DA MATÉRIA)
Nesta primeira etapa, a vacinação será exclusivamente para os profissionais de saúde da ativa, idosos institucionalizados e moradores de residências terapêuticas, de acordo com as determinações do Ministério da Saúde. Por enquanto, não haverá vacinação em postos de saúde para a população - somente em etapas posteriores. A Secretaria Municipal de Saúde retirou as doses destinadas a São Gonçalo na Coordenação Geral de Armazenamento (CGA) do Governo do Estado, situada no Barreto, em Niterói. Os funcionários da saúde serão vacinados nos seus respectivos locais de trabalho. A expectativa é de que toda a entrega das vacinas seja finalizada até a próxima sexta-feira (22).
Publicidade
“Estou acompanhando todo o processo e é muito importante todos saberem que estamos seguindo as diretrizes traçadas pelo Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. Por enquanto, não teremos vacinas para toda a população, mas elas devem chegar aos poucos. Seguiremos atentos para que os gonçalenses tenham acesso seguro à vacina o quanto antes”, afirmou o prefeito.
Assim que as doses da Coronavac chegaram, foi iniciada a distribuição para as unidades de saúde, que também receberão os insumos necessários para a aplicação da vacina. Aos abrigos de idosos, as vacinas serão levadas pelos profissionais de saúde nos dias da aplicação. Na ocasião, além de serem vacinados, todos os idosos e funcionários dos abrigos Cristo Redentor e Lar Samaritano farão o teste rápido IgM e IgG para detecção do novo coronavírus, conforme determinação do Ministério Público. Ao todo, serão vacinados cerca de mil idosos, 40 deficientes com mais de 18 anos de residências terapêuticas e 800 funcionários destas unidades.
Publicidade
As unidades de saúde foram divididas em três dias. Nesta quarta, as vacinas serão entregues no Centro de Triagem de Coronavírus, no Zé Garoto; Hospital de Retaguarda Menino de Deus, no Centro; Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças, Lagoinha; Umpa do Pacheco; Hospital Luiz Palmier, Pronto Socorro Central e Pronto Socorro Infantil Darcy Vargas, todos no Zé Garoto; Samu, no Centro; Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), Centro; e Umpa de Nova Cidade. 
Na quinta-feira (21), serão atendidos a Maternidade Mário Niajar, em Alcântara; Clínica Municipal Gonçalense, no Mutondo; Clínica Municipal Dr. Zerbini, Arsenal; Polos Sanitários Hélio Cruz, Alcântara; Jorge Teixeira de Lima, Jardim Catarina; Dr. Augusto Sena, Rio do Ouro; Paulo Marques Rangel, Porto do Rosa; e Washington Luiz, Zé Garoto. Na sexta-feira (22), as vacinas seguirão para a UPA de Santa Luzia; UPA do Colubandê; Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê; Hospital e Clínica São Gonçalo (HCSG), Centro; Hospital Unimed Leste Fluminense, Camarão; Serviço de Pronto Atendimento Unimed (SPA), Centro; Samcordis, Estrela do Norte; e Hospital Intermédica São José dos Lírios, Zé Garoto.
Publicidade
“É muito satisfatório poder vacinar profissionais de saúde e idosos institucionalizados. Esperamos, com ansiedade, os demais lotes de vacina para dar continuidade à vacinação. Enquanto não há vacina para os demais gonçalenses, é muito importante continuar com as medidas de prevenção”, disse o secretário de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo, André Vargas, que estará ao lado de Capitão Nelson para a aplicação das primeiras doses no município.
A vacina contra a Covid-19 é contraindicada para menores de 18 anos, gestantes, pessoas que já apresentaram reação anafilática confirmada a qualquer componente da vacina e aquelas que estão contaminados com o coronavírus ou com sintomas da doença.
Publicidade