Estão incluídos nesta nova etapa: médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da Educação Física, médicos veterinários, técnicos e auxiliares de enfermagem, auxiliares e técnicos de saúde bucal e doulas/parteiras e funcionários do sistema funerário - Divulgação
Estão incluídos nesta nova etapa: médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da Educação Física, médicos veterinários, técnicos e auxiliares de enfermagem, auxiliares e técnicos de saúde bucal e doulas/parteiras e funcionários do sistema funerárioDivulgação
Por Irma Lasmar
SÃO GONÇALO inicia nesta terça-feira a vacinação contra a Covid-19 em um novo grupo de trabalhadores da Saúde. As vacinas da Oxford/Astrazeneca estarão disponíveis na Clínica Gonçalense do Mutondo, Clínica da Família Dr. Zerbini, no Arsenal, e nos polos sanitários Dr. Augusto Sena, no Rio do Ouro, Hélio Cruz, em Alcântara, e Washington Luiz, no Zé Garoto, para atender a esse público específico, seguindo determinações do Ministério da Saúde. Nos polos, os atendimentos acontecem de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. E nas clínicas de segunda a sexta-feira das 8h às 22h e aos sábados das 8h às 13h.
Estão incluídos nesta etapa: médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da Educação Física, médicos veterinários, técnicos e auxiliares de enfermagem, auxiliares e técnicos de saúde bucal e doulas/parteiras. Funcionários do sistema funerário que tenham contato direto com cadáveres também poderão se vacinar, mediante apresentação da declaração de seu empregador.
Publicidade
A vacina será ofertada, ainda, para acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios. Todos devem apresentar documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com o serviço de saúde ou declaração da instituição de ensino.
Balanço – A cidade imunizou 12.031 pessoas com a CoronaVac até as 14h de segunda-feira (1º). Os beneficiados foram os trabalhadores de saúde de hospitais públicos e particulares, polos sanitários, PAMs e postos de saúde - um total de 10.594 pessoas - além de 1.370 funcionários e idosos de instituições de longa permanência (Ilpis) e 67 pessoas de residências terapêuticas com mais de 18 anos.