Com oito academias da saúde e nada menos do que 500 idosos no programa, esse público pode se cuidar e também se tornar multiplicador das boas práticas, melhorando a qualidade de vida de filhos e netos
Com oito academias da saúde e nada menos do que 500 idosos no programa, esse público pode se cuidar e também se tornar multiplicador das boas práticas, melhorando a qualidade de vida de filhos e netosDivulgação
Por Irma Lasmar
SÃO GONÇALO - Localizada na Rua Alfredo Backer 358, a Clínica Municipal Gonçalense do Mutondo possui um grupo de trabalho específico na promoção de palestras e atividades que divulgam e ensinam a importância do aleitamento materno na prevenção de várias doenças, entre elas a obesidade. O atendimento - todas as terças, quartas e quintas-feiras - inclui o acompanhamento da alimentação de puérperas e lactantes, como a aferição de peso e altura (cálculo do IMC), avaliação antropométrica e de consumo alimentar, a distribuição de um guia alimentar de bolso, a abordagem dos dez passos da alimentação saudável.
"Essa é uma ação intersetorial, pautada na linha de cuidados de sobrepeso e obesidade, que foi aprovada no ano passado no município, sendo organizada pela área técnica de Alimentação e Nutrição. Dentro dessa linha de cuidado, o objetivo é fazer a relação do aleitamento materno como uma ação preventiva de sobrepeso e obesidade", destacou o nutricionista Alexandre Guimarães.
Publicidade
Com oito academias da saúde e nada menos do que 500 idosos no programa, esse público pode se cuidar e também se tornar multiplicador das boas práticas, melhorando a qualidade de vida de filhos e netos.
"O objetivo principal é a saúde dos participantes e seus parentes, uma vez que essas informações são levadas para suas casas. Na Academia da Saúde, temos todo o aparato, tanto com exercício quanto com acompanhamento nutricional, para que o praticante tenha a segurança necessária na hora de realizar a atividade e obtenha uma melhor qualidade de vida", enfatizou Suellen Furlani, supervisora das academias da saúde municipais.
Publicidade
Com dois anos e meio de atividades na Clínica Gonçalense e 74 anos de idade, Regina Célia Correia aprovou a medida e revela que a atividade física tem sido um divisor de águas em sua vida. "Praticar atividades tem sido um espetáculo para mim. Eu pesava 70 quilos e, hoje, estou com 57,5 através de reeducação alimentar e ginástica, mas é preciso ter foco. A clínica e professores estão de parabéns", comentou a aluna.
Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected] .