Devido à pandemia do novo coronavírus, 13 dos 15 certificados foram entregues fora do evento, preservando a vida de todos os envolvidos.  - Divulgação
Devido à pandemia do novo coronavírus, 13 dos 15 certificados foram entregues fora do evento, preservando a vida de todos os envolvidos. Divulgação
Por Eric Macedo
Em homenagem ao Dia da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha, comemorado hoje, 25, a Prefeitura de São João de Meriti, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer, Direitos Humanos e Igualdade Racial (SEMCULDHIR), realizou na última quinta-feira (23), a entrega de Certificados de Reconhecimento àquelas mulheres que ativamente contribuem para uma sociedade melhor, no Centro de Atendimento à Mulher (CEAM), ao lado da sede da prefeitura.
Devido à pandemia do novo coronavírus, 13 dos 15 certificados foram entregues fora do evento, preservando a vida de todos os envolvidos. A secretária da SEMCULDHIR, Ana Paula Rosa, falou sobre a importância da data. “Tudo isso é de suma importância para nós, afinal nossa população feminina é composta majoritariamente por mulheres negras, e o que estamos fazendo aqui hoje é avivar a memória delas, ajudando a construir um futuro melhor para as novas gerações”, contou.
Publicidade
Nesta data especial, o superintendente de política racial da pasta, Frei Altailton, explicou que Meriti está homenageando este ano Zeelândia Cândido, mulher negra, filha do marinheiro João Cândido, que é herói municipal e principal nome da Revolta da Chibata no início do século passado. “Zeelândia dedicou sua vida por um país mais justo, portanto, esta data é um dia de comemoração e reflexão, além de ser um desafio para as mulheres, para que busquem ser quem são”, disse o frei.
Maria da Fé, vice-presidente do Conselho Municipal da Igualdade Racial de São João de Meriti. - Divulgação
Publicidade
A vice-presidente do Conselho Municipal da Igualdade Racial de São João de Meriti, Maria da Fé, explicou que reverenciar tais mulheres é um resgate do papel delas no município. Especialmente as negras, que, atuando como professoras, enfermeiras, advogadas e em outros setores da sociedade, mostram que há espaço para todas. “Nós mulheres, precisamos avançar e evoluir, não podemos retroceder”, completou.
A secretaria, por meio da Superintendência da Mulher, realiza cursos e parcerias para capacitação das mulheres, a fim de estimular o empreendedorismo feminino e promovendo autonomia das mulheres.
Publicidade
O CEAM funciona na Rua Defensor Público Zilmar Pinaud,122 – Vilar dos Teles, atendendo de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Informações pelos telefones 2651-1198 e 2662-7626.