É importante que todo público-alvo se vacine, mesmo quem já se vacinou em outra ocasião - IG
É importante que todo público-alvo se vacine, mesmo quem já se vacinou em outra ocasiãoIG
Por O Dia
Saquarema - A Prefeitura de Saquarema iniciou a 3ª fase da Campanha de Vacinação Contra a Gripe (Influenza). Nesta etapa, serão imunizados os profissionais da área de educação; crianças de 06 meses a seis anos; gestantes e puérperas; pessoas com deficiência e pessoas adultas entre 55 e 59 anos.

Iniciada no dia 23 de março, a campanha de imunização foi antecipada pelo Ministério da Saúde por conta da pandemia do Novo Coronavírus. Cabe ao Ministério a compra e envio aos estados das doses das vacinas. As Secretarias Estaduais de Saúde, por sua vez, liberam as doses aos municípios em pequenos lotes, de acordo com o andamento da vacinação.

Para este ano, a meta do Ministério é de vacinar 30.910 pessoas em Saquarema. Até o momento, mais de 18.400 doses foram aplicadas, o que corresponde a 59,77% da cobertura vacinal proposta.

O primeiro grupo a ser vacinado foi o de profissionais da saúde e idosos com mais de 60 anos. Estes, continuam sendo imunizados em suas residências pelos Postos Volantes de vacinação e pelas equipes dos ESFs, por conta da pandemia do Covid-19. Até o momento, 14.518 doses foram aplicadas nos idosos, superando a meta dada pelo Ministério da Saúde. A vacinação para os idosos seguirá até o final da campanha.

Há contraindicação para pessoas com alergia aos componentes da vacina, principalmente à proteína do ovo. Portadores de doenças neurológicas e síndrome Guillain-Barré devem consultar um médico antes de tomar a vacina e seguir suas orientações. Para pessoas que tenham apresentado febre recente, é recomendado adiar a vacinação até que o estado de saúde melhore.

É importante salientar que a vacina contra a Gripe não previne contra o Coronavírus. Logo, a pessoa pode estar imunizada contra o Influenza e ser acometida pelo Covid-19. Ainda não há no mundo nenhuma vacina criada para proteger o ser humano contra o Coronavírus.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, é importante que todo público-alvo se vacine, mesmo quem já se vacinou em outra ocasião, pois o imunizante usado sofre alterações em sua composição ao longo dos anos, conforme o cenário epidemiológico. Sendo assim, o Programa Municipal de Imunização (PMI) busca desenvolver um trabalho em parceria com a Atenção Básica, Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher, Criança e Adolescente, Saúde do Idoso, Saúde do Trabalhador e neste esforço alcançar coberturas vacinais adequadas para a proteção da população em vulnerabilidade.

As pessoas pertencentes ao terceiro grupo prioritário deverão procurar um posto de saúde para receber a vacina. A tabela com os postos pode ser consultada abaixo.