Saquarema inicia vacinação contra Pólio

Durante a campanha os postos também atualizarão as cadernetas de vacinação das crianças e adolescentes

Por O Dia

O público-alvo para a campanha deste ano envolve as crianças menores de 5 anos de idade
O público-alvo para a campanha deste ano envolve as crianças menores de 5 anos de idade -
Saquarema - Saquarema deu início à Campanha de Vacinação Contra a Poliomielite. Idealizada pelo Ministério da Saúde, a campanha é nacional e segue até o dia 30 de outubro, com “Dia D” no sábado (17). A meta de imunizar cerca de 11,2 milhões de crianças no país.

Pelas orientações do Ministério da Saúde, o público-alvo para a campanha deste ano, envolve as crianças menores de 5 anos de idade, com estratégias diferenciadas para crianças com até 1 ano incompleto e para aquelas na faixa etária de 1 a 4 anos. A depender do esquema vacinal registrado na caderneta, a criança poderá receber a Vacina Oral Poliomielite (VOP), como dose de reforço ou dose extra, ou a Vacina Inativada Poliomielite (VIP), como dose de rotina.
Crianças e adolescentes menores de 15 anos (14 anos 11 meses e 29 dias), não vacinados ou com esquemas incompletos de qualquer vacina, também deverão comparecer às unidades de saúde para atualizar a caderneta de vacinação.

A vacinação é a única forma de prevenção contra a poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, que é uma doença contagiosa e pode infectar crianças e adultos. Em casos graves, pode levar a paralisias musculares e até mesmo à morte.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, é importante que todo público-alvo se vacine, mesmo quem já se vacinou em outra ocasião. Para os pais ou responsáveis que tenham dúvidas quanto à vacinação dos filhos, o ideal é consultar a caderneta de vacinas antes de levar a criança para a unidade de saúde.
Neste ano, a campanha também realizará a vacinação de adultos contra o Sarampo. Pessoas de 20 a 59 anos de idade poderão ser imunizados nos postos de vacinação. Para que a imunização ocorra, também é necessária a apresentação da caderneta de vacinação.

Comentários