Pelo Covax Facility, as vacinas serão enviadas ao Brasil de forma escalonada, à medida em que forem disponibilizadas à iniciativa global  - Foto: Rômullo Espíndola
Pelo Covax Facility, as vacinas serão enviadas ao Brasil de forma escalonada, à medida em que forem disponibilizadas à iniciativa global Foto: Rômullo Espíndola
Por O Dia
SILVA JARDIM – Ao contrário da capital do Rio de Janeiro que iniciou a segunda etapa da vacinação contra Covid-19 que, prioriza os idosos em geral, nessa segunda-feira (1°), a cidade de Silva Jardim, no interior do estado, segue sem previsão para aplicar as primeiras doses da vacina na população da terceira idade. De acordo com a Prefeitura, a quantidade de doses recebidas pelo município não é suficiente nem para os profissionais de saúde.

Conforme o Município, a expectativa é avançar à próxima etapa de vacinação assim que forem entregues novas doses. Ao todo, o município recebeu 460 vacinas contra Covid-19, sendo 240 doses da CoronaVac e 220 doses de Oxford. A primeira etapa segue as recomendações do Programa Nacional de Imunizações (PNI), que tem como público-alvo desta primeira fase os profissionais de saúde, idosos e deficientes institucionalizados.