Burger King realiza ação polêmica
Burger King realiza ação polêmicaReprodução / Twitter
Por O Dia
Rio – O Burger King aproveitou o Dia Internacional da Mulher para fazer uma jogada arriscada. Pelo Twitter, o perfil do fast-food no Reino Unido publicou a mensagem ‘Women belong in the kitchen’, que pode ser traduzido para o português como a expressão machista ‘lugar de mulher é na cozinha’.
A ação foi uma tentativa de chamar atenção para outra proposta. O restaurante queria ressaltar o fato que apenas 20% das chefs profissionais de cozinha do país eram mulheres. E usou essa primeira publicação em um ‘fio’ (uma sequência de publicações típica do Twitter) para conseguir visibilidade rápida.
Publicidade
Confira a publicação na íntegra:
Burger King causa polêmica com campanha - Reprodução / Twitter
Publicidade
 
No entanto, a campanha não agradou os internautas. A publicação recebeu inúmeras críticas que questionavam o porquê da mensagem machista estar separada da campanha feminista e o uso da mensagem como pretexto para gerar engajamento gratuito para a marca. Entre outras coisas, homens também se aproveitaram para fazer ataques machistas nas respostas da publicação. Fazendo com que o Burger King apagasse a publicação e publicasse uma nova, retratando-se:
Publicidade
“Nós ouvimos vocês. Nós erramos em nosso tweet inicial e pedimos desculpas. Nosso objetivo foi chamar a atenção para o fato de que apenas 20% dos chefs profissionais nas cozinhas do Reino Unido são mulheres e ajudar a mudar isso com a concessão de bolsas de estudo para culinária. Faremos melhor da próxima vez”.