Eduardo Pazuello
Eduardo PazuelloValter Campanato/Agência Brasil
Por O Dia
Rio – Até então ainda no cargo de Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que é investigado por suposta omissão, estaria aguardando novo cargo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), para não perder o foro privilegiado. Segundo a CNN, a ideia seria criar o Ministério Extraordinário da Amazônia, que teria o general como titular.
O caso de Pazuello, além de estar provocando atrasos na gestão da pandemia em seu pior momento, também causou certa estranheza nas redes sociais. Muitos internautas relembraram o caso da ex-presidente Dilma Roussef e do ex-presidente Lula, na nomeação para a Casa Civil.
Publicidade
Na época, a divulgação de um diálogo gravado entre os dois antigos líderes do executivo causou grande alvoroço e resultou na suspenção da nomeação do petista pelo Ministro Gilmar Mendes, do STF. A correlação entre os casos não passou batida nas redes sociais, que desenterraram um vídeo do então deputado Bolsonaro, criticando a ação. Confira:
Publicidade