Jair Bolsonaro (sem partido)
Jair Bolsonaro (sem partido)AFP
Por O Dia
Rio - O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez um pronunciamento em rede nacional na noite desta terça-feira (23). Em sua fala, Bolsonaro culpou uma variante brasileira do coronavírus que 'tem tirado a vida de muitos brasileiros' e prometeu '500 milhões de doses até o final do ano', mais que o dobro da população brasileira.
O discurso do presidente, no entanto, apresentou muitas informações mentirosas com relação ao trato do governo com o novo coronavírus. Separamos algumas declarações de Bolsonaro durante a gestão da pandemia que contradizem as afirmações do pronunciamento dessa noite. Confira:
Publicidade
“Desde o começo disse que tínhamos dois grandes desafios: o vírus e a economia”
Publicidade
“Somos o 5º país que mais vacinou no mundo. Temos mais de 14 milhões de vacinados”
A informação é verdadeira, contudo com quase 210 milhões de habitantes o Brasil, que ocupa a 12º economia do mundo, vacinou apenas 6,6% da sua população, segundo a Our World Data.
Publicidade
“Em dezembro liberamos mais 20 bilhões de reais o que possibilitou a aquisição da Coronavac, em parceria com o instituto Butantã. Sempre afirmei que adotaríamos qualquer vacina, se aprovada pela Anvisa.”
Publicidade
Publicidade
“Solidarizo-me com todos aqueles que tiveram perdas em suas famílias”
Publicidade