Google compra empresa de satélites Skybox por US$ 500 milhões

Aquisição tem o objetivo de reforçar serviços de mapeamento e aprimorar acesso à internet

Por marta.valim

A Google Inc. anunciou que vai adquirir a empresa de satélites Skybox Imaging Inc. por US$ 500 milhões, pois está trabalhando para reforçar seus serviços de mapeamento e aprimorar o acesso à internet.

O acordo, todo em dinheiro, está sujeito a ajustes, disse a empresa com sede em Mountain View, Califórnia, ontem em seu site. A Skybox projetou satélites para capturar e fornecer aos consumidores imagens com detalhes de menos de um metro.

“Os satélites da Skybox vão ajudar a manter a precisão do Google Maps com imagens atualizadas”, disse a Google em seu site. “Ao longo do tempo também esperamos que a equipe e a tecnologia da Skybox nos ajudem a melhorar o acesso à internet e a assistência em catástrofes – áreas que há tempos interessam à Google.

A Google está esquadrinhando o universo da tecnologia em busca de acordos que a coloquem em novos mercados e reforcem seus serviços tradicionais, como o mapeamento e a busca. A empresa também está tentando encontrar novos modos de oferecer serviços off-line a usuários através do Projeto Loon, que foi divulgado no ano passado e tem o objetivo de conectar à internet pessoas em áreas rurais ou remotas com a ajuda de balões e outros aparelhos.

Em abril, a Google comprou a Titan Aerospace, fabricante de drones de altitude alta que funcionam com energia solar e fornecem acesso a serviços de dados de todo o mundo.

“Eles estão multiplicando a quantidade de visitantes e cliques, possivelmente, por bilhões”, disse Scott Hubbard, professor e consultor em aeronáutica e astrofísica da Universidade de Stanford. “Com certeza isso é bom para a empresa”.

Contra-ataque à Facebook Inc.

As aquisições seguem os passos da rival Facebook Inc. para conectar mais pessoas à internet através de uma iniciativa chamada Connectivity Lab. Em março, a empresa comprou a Ascenta, companhia aeroespacial com sede no Reino Unido, que transmitirá dados usando um laser infravermelho. A rede social pagou menos de US$ 20 milhões pela Ascenta, de acordo com uma fonte do setor.

No início deste mês, a Facebook Inc. também anunciou a compra da Pryte, provedora de tecnologia que possibilita que os usuários de smartphones façam o download de aplicativos através de autorizações temporárias de dados móveis. O público-alvo do serviço da empresa com sede em Helsinque são as pessoas em mercados em desenvolvimento, com custos mais altos para a internet móvel.

A Skybox, que também tem sede em Mountain View, projetou satélites para capturar imagens e fornecê-las a clientes em setores como agricultura, mineração e seguros. Por exemplo, as imagens de satélite podem ajudar a monitorar as condições das plantações.

A empresa, cujo plano de negócios inicial foi escrito em 2009, tem uma equipe de mais de 100 pessoas liderada pelo CEO Tom Ingersoll, conforme seu site. Além de imagens e vídeos, a empresa também fornece análises.

“É o momento certo para nos unirmos a uma empresa que pode nos desafiar a pensar mais alto e mais ousadamente e que pode nos ajudar a acelerar nosso projeto ambicioso”, disse a Skybox em seu site.

Entre os investidores da Skybox estão Khosla Ventures, Bessemer Venture Partners, Canaan Partners e Norwest Venture Partners. A empresa arrecadou mais de US$ 85 milhões.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia