Prefeitura de Teresópolis - Divulgação
Prefeitura de TeresópolisDivulgação
Por O Dia
A Prefeitura de Teresópolis publicou em edição extra do Diário Oficial Eletrônico uma medida que revoga a exigência de apresentação de CPF no município para acesso a estabelecimentos comerciais e repartições públicas. Até então, o rodízio estava mantido para estabelecimentos com mais de 200 metros quadrados.

O Decreto Municipal 5.351/2020 ainda amplia as permissões aos hotéis e pousadas do município, que a partir de agora podem funcionar com 70% da capacidade. Entretanto, continuam suspensas as hospedagens por meio de aplicativos de aluguel de quartos, de apartamentos ou de sítios para temporadas e afins.

Além disso, o município permitiu ainda o aumento das linhas de ônibus intermunicipais em circulação.

Na avaliação do prefeito Vinícius Claussen, o rodízio estabelecido no início da abertura gradual da economia se mostrou muito eficaz, mas com a devida responsabilidade da população, é possível ampliar a flexibilização, contanto que cada um faça a sua parte no enfrentamento à pandemia e saiam apenas quando necessário, respeitando as regras sanitárias e o uso obrigatório de máscaras.

“O Gabinete de Crise lançou o lockdown parcial com o rodízio de CPF em maio e a medida logo se mostrou bastante efetiva. Tanto que a redução do número de pessoas em circulação fez com que Teresópolis registrasse um dos maiores índices de isolamento social no estado do Rio de Janeiro. Alertamos que o rodízio de CPF acabou, mas isso não significa que está tudo liberado, até porque todas as demais medidas de restrição e prevenção nos estabelecimentos seguem em vigor”, diz Claussen.
Você pode gostar
Comentários