Vista do Mirante da Tartaruga - Divulgação
Vista do Mirante da TartarugaDivulgação
Por Paula Valviesse
A Prefeitura de Teresópolis usou as redes sociais para denunciar sobre a ação de vândalos no Parque Natural Municipal das Montanhas nas últimas semanas. Segundo a informação, pessoas que visitaram a área de conservação fizeram pichações em pedras e talharam nomes em troncos de árvores da reserva.

O município não respondeu se as ocorrências foram registradas, mas reforçou que as ações caracterizam crime ambiental, passível de multa e detenção, conforme estabelece a Lei Federal 9.605/1998, que dispõe sobre atividades lesivas ao meio ambiente.

Os atos de vandalismo ocorreram nas trilhas da Pedra da Tartaruga e também na recém-inaugurada trilha Vidocq Casas. Algumas foram feitas com uso de pedras e instrumentos pontiagudos, mas também há casos de uso de tinta spray.

Várias pessoas reagiram à publicação, a maioria pedindo maior fiscalização da área e a responsabilização dos autores.

“Vandalizar muros, calçadas, bancos de praças, parques. Tudo faz parte do mesmo pacote. Se eles só vandalizam na calada da noite, então que a vigilância e retenção dos elementos seja feito nesse horário”, comentou uma internauta.

“Tem que colocar controle de acesso com câmera na portaria e obrigar os visitantes a assinar um termo de responsabilidade e a colocar pulseira de identificação para facilitar a fiscalização. Assim fica mais fácil identificar e punir esses criminosos”, sugeriu outro usuário.

Houve quem ainda clamasse aos demais visitantes que fotografem as pessoas que estiverem cometendo esses atos e denunciem: “Os trilheiros deviam ser cada um vigilante, fotografar e denunciar”.

As pessoas aproveitaram a publicação para comentar sobre outros locais que também são alvo de vandalismo e as medidas tomadas para evitar essas ações: “Daqui uns dias tudo poderá estar um lixo, tem que ter guarda florestal fiscalizando igual na Pedra do Sino. A Pedra da Tartaruga é muito mais fácil de movimento de visitantes e trilheiros. Também tem que ter na entrada identificação e as pessoas respeitarem a flora e faunas e não deixar lixo”.

“Em todos os parques de outros países, como preservação ao vandalismo as pessoas tem seus pertences revistados e por quê aqui não pode ser igual? Já que alguns fazem depredações irreversíveis à natureza, e por isso tem que ser punidos, baseado nas leis ambientais”, pede um usuário.
Você pode gostar
Comentários