Secretaria de Educação de Teresópolis - Divulgação
Secretaria de Educação de TeresópolisDivulgação
Por O Dia
A Secretaria de Educação de Teresópolis informou que ainda está debatendo com a rede de ensino e com a comunidade escolar as condições de retorno das aulas presenciais. Com isso, o município definiu que não irá seguir o decreto do Governo do Estado, que estabeleceu o retorno da rede privada de ensino para o dia 14 de setembro e das unidades públicas no dia 5 de outubro.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, Teresópolis possui um sistema próprio de ensino e, por conta dessa autonomia, não está subordinada ao que indica o decreto.

“A Secretaria Municipal de Educação de Teresópolis informa que, considerando as diferentes realidades dos 92 municípios do Estado do Rio de Janeiro, a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) agendará reunião entre os secretários municipais e a Secretaria de Estado de Educação a fim de avaliar o impacto do decreto estadual nos diversos municípios”, comunica a Secretaria.

Sendo assim, o retorno das aulas presenciais continua sem data definida. O município informa ainda que irá criar um grupo intersetorial, com representação da área educacional, da saúde e da comunidade escolar, para ampliar a discussão dos detalhes da flexibilização.
Você pode gostar
Comentários