Vacinação de mulheres grávidas em Teresópolis no último final de semana
Vacinação de mulheres grávidas em Teresópolis no último final de semanaDivulgação/ PMT
Por O Dia
Sem doses da vacina CoronaVac e com o uso da vacina da Pfizer limitado a capital, Teresópolis emitiu uma nota nesta terça-feira (11/05) sobre a suspensão da vacinação de mulheres grávidas com a primeira dose do imunizante Astrazeneca/ Oxford. De acordo com o município, a decisão segue a recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que também foi emitida hoje.
De acordo com a nota da Anvisa, a orientação é para que seja seguida a bula atual do medicamento da AstraZeneca, na qual não consta o uso em gestantes. A nota destaca ainda o “monitoramento constante de eventos adversos possivelmente causados pelas vacinas em uso no país."
Publicidade
O uso off label de vacinas, ou seja, em situações não previstas na bula, só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a paciente. A bula atual da vacina contra Covid da AstraZeneca não recomenda o uso da vacina por gestantes sem orientação médica”, diz o texto publicado pelo Ministério da Saúde.
Segundo a Secretaria de Saúde de Teresópolis, os demais grupos prioritários continuarão sendo vacinados, conforme calendário municipal informado periodicamente nas mídias locais. A Secretaria informa ainda que não há nenhum relato de evento adverso pós-vacinal de gestantes em Teresópolis.

No momento, o município conta apenas com remessa da vacina AstraZeneca para aplicação da 1ª dose e até a recomendação de suspensão pela ANVISA, as grávidas vinham sendo vacinadas, exclusivamente com indicação e orientação de seus médicos.

Você pode gostar
Comentários