objetivo do treinamento é dar o melhor suporte possível nesse tipo de situação até a chegada do resgate
objetivo do treinamento é dar o melhor suporte possível nesse tipo de situação até a chegada do resgateDivulgação
Por O Dia
As equipes médica e de enfermagem e funcionários do Centro Municipal de Saúde Dr. Adalberto Otto (Cemusa), a maior unidade de consultas ambulatoriais no bairro de São Pedro, em Teresópolis, participaram, na última sexta-feira (14/05), de simulação prática e avaliação de paciente com nível de consciência reduzido.

O treinamento faz parte do projeto de educação permanente, uma iniciativa do cardiologista José Eduardo Gircys, lotado no Cemusa, e tem foco específico nos usuários que já estão na unidade aguardando para serem atendidos.

“Recebemos um público considerável para consultas médicas e odontológicas e, apesar de não sermos uma unidade de saúde que atende urgências e emergências, já houve necessidade de atendimento inicial de adultos inconscientes para posterior encaminhamento, através de ambulância, até um pronto-socorro. O objetivo do treinamento é dar o melhor suporte possível nesse tipo de situação até a chegada do resgate”, explica Luisa Simões, administradora do Cemusa.

Foi elaborado um protocolo, para ser avaliado pela Secretaria Municipal de Saúde, estabelecendo, de forma detalhada, a sequência de procedimentos a serem postos em prática nesse tipo de ocorrência. O documento especifica os materiais a serem utilizados, os cuidados mais indicados e os profissionais responsáveis por cada etapa do atendimento, além de outras informações relevantes para que o socorro seja prestado dentro do padrão de qualidade esperado.
Você pode gostar
Comentários