Banda regravou música especialmente para a nova campanha  - Divulgação
Banda regravou música especialmente para a nova campanha Divulgação
Por O Dia

Rio - No próximo sábado (29), a Casa de Saúde São José vai promover um treinamento gratuito para ensinar a população a fazer a massagem cardíaca. A iniciativa faz parte da campanha 'Amigos pelo Coração' e tem como objetivo chamar atenção do público leigo e facilitar o aprendizado desta técnica. Esta campanha conta com a parceria da banda Barão Vermelho, que regravou o hit 'Meus bons amigos' especialmente para o projeto.

A canção tem o ritmo adequado (100 bpm) para garantir a taxa correta de compressões durante a massagem cardíaca, que deve ser entre 100 e 120 compressões torácicas por minuto. Com a música na cabeça, a pessoa tem mais chances de realizar o procedimento de forma correta e eficaz.

“Ficamos empolgados para participar. É uma das canções mais queridas do Barão Vermelho e foi uma feliz coincidência, já que o ritmo é ideal para ensinar a massagem cardíaca”, destaca o guitarrista Fernando Magalhães, que é o autor da música.

No Brasil, a cultura de ensinar a massagem cardíaca ao público que não atua no setor de Saúde ainda é grande. Um estudo realizado pela Universidade Federal de Juiz de Fora com leigos mostrou que 59% desconhecem o suporte básico de vida (massagem cardíaca) e, dos 41% que sabem o que é a técnica, somente 5,8% se sentem preparados para realizá-la.

A inspiração para esse movimento veio lá de fora. A American Heart Association e a British Heart Foundation, por exemplo, usaram a música Stayin’ Alive, dos Bee Gees, em campanha do gênero, que teve enorme repercussão. Aqui no Brasil, a iniciativa começou com a veiculação em ambiente digital de um vídeo com uma demonstração, bem didática, da massagem cardíaca sob o ritmo da música 'Meus bons amigos', retratando o compasso correto das compressões. A campanha ensina o passo a passo para o leigo socorrista.

Emergência

“Em uma situação de emergência, o primeiro passo é chamar ajuda e ligar para 192. A pessoa deve reconhecer a situação de parada cardíaca, verificando se a vítima não respira e não reage. Em seguida, é preciso fazer a massagem cardíaca até o socorro chegar. É importante que a manobra seja feita no ritmo e com a força certa, por isso a ideia de usar uma música”, explica o cardiologista e idealizador do movimento, Gustavo Gouvêa.

Dados preocupantes

Esse cenário é preocupante, já que, anualmente, ocorrem mais de 200 mil paradas cardiorrespiratórias no Brasil, sendo que 50% dos casos são registrados em ambientes extra-hospitalares, como ruas, shoppings e estádios. A literatura internacional mostra que a ressuscitação cardiopulmonar feita por leigos treinados pode ser bem-sucedida entre 50% e 75% dos casos.

O curso acontece às 10h, na Casa de Saúde São José. O endereço é Rua Macedo Sobrinho, 21, Humaitá.

É necessário se inscrever pelo site da campanha - www.amigospelocoracao.com.br. As vagas são limitadas.

Você pode gostar