Comer alho e tomar vitamina C podem ajudar contra o coronavírus? Entenda

Especulações envolvendo o novo vírus também são grandes geradores de dúvidas

Por do iG , Reginaldo Tomaz

A vitamina C é recomendada para aumentar a imunidade
A vitamina C é recomendada para aumentar a imunidade -
Sem uma vacina ou remédio, o combate ao novo coronavírus (Sars-coV-2) acabou dando espaço para o conhecimento empírico e até para informações irreais. Na web, receitas caseiras para "matar" a doença começaram a ganhar força. Todavia, assim como os remédios testados até o momento, as receitas não tem embasamento teórico que comprovem sua eficácia contra a Covid-19.

Especulações envolvendo o clima e o novo coronavírus também são grandes geradores de dúvidas. Pensando nisso, consultamos especialistas e separou o que é verdade e o que é fake sobre a Covid-19 .

Remédios caseiros (comer alho, tomar Vitamina C, beber água a cada 15 minutos) podem curar ou prevenir o vírus?

“Não há evidências de que comer alho ou gengibre, beber água a cada 15 minutos ou tomar vitamina C proteja as pessoas do novo coronavírus, nem que isso cure a doença. O mesmo vale para o uso de óleos essenciais, prata coloidal e florais. Algumas postagens sugeriram que colocar óleo de gergelim em seu corpo ou pulverizar-se com álcool ou cloro matará o vírus. Isso também é falso”, afirma a médica nutróloga Dra. Marcella Garcez, diretora da Associação Brasileira de Nutrologia.

No entanto, é comprovado que o papel da alimentação na manutenção e fortalecimento do organismo é crucial, pois ela é responsável por fornecer nutrientes essenciais para as funções orgânicas, inclusive as imunológicas.

“Uma alimentação equilibrada, variada, colorida, com alimentos os mais naturais e funcionais possíveis, associada a uma hidratação adequada, certamente vai ajudar o organismo a ter respostas mais favoráveis do sistema imune", explica a especialista.

Algumas boas opções para incluir no cardápio são: vegetais folhosos escuros, legumes (em geral todos os que nascem para cima da terra e das mais diversas cores), tubérculos e raízes, leguminosas (que são as principais fontes de proteínas vegetais), cereais (particularmente os integrais), frutas, sementes oleaginosas, carnes magras e laticínios enriquecidos com probióticos, além de água, água de coco, chás e sucos funcionais.

Posso pegar Covid-19 ao comer um alimento?
Não há evidências de que a Covid-19 seja transmitida por meio de alimentos, porém, as embalagens merecem atenção redobrada. “No caso das embalagens, elas devem ser limpas com água e sabão, desinfetante, água sanitária ou álcool de limpeza 70”, explica a Dra. Marcella Garcez.

É seguro pedir refeições por aplicativos ou delivery?
De acordo com a especialista, se uma pessoa doente manipula a comida os riscos não podem ser descartados, mas aquecer ou reaquecer alimentos deve matar o vírus.

"Como regra geral, não vimos que a comida é um mecanismo de disseminação", diz a Dra. Marcella. "O risco de contaminação da embalagem pode ser minimizado, esvaziando o conteúdo em um prato limpo, descartando a embalagem em um saco de lixo e lavando bem as mãos antes de comer", completa.

Comentários