MEP adia entrega da premiação ‘Mulheres Destaque’ em Volta Redonda

Entrega de certificação para a premiação ‘Mulheres Destaque’ foi adiada devido à pandemia Covid-19

Por O Dia

Mep adia entrega da premiação ‘Mulheres Destaque’ em Volta Redonda
Mep adia entrega da premiação ‘Mulheres Destaque’ em Volta Redonda -
Volta Redonda - A entrega de certificação para a premiação ‘Mulheres Destaque’, prevista para acontecer dia 25 de março, na sala de aula do MEP (Movimento Ética na Política) foi adiada devido à pandemia.

Esta premiação acontece desde 2017 quando o MEP passou a oferecer, por ocasião do Dia Internacional das Mulheres, homenagens às mulheres que se destacam em Volta Redonda e que simbolicamente representam também muitas mulheres incógnitas e invisíveis que tanto já fizeram ou fazem pelo município.

Assim, todas as mulheres lutadoras são homenageadas. A escolha de quatro nomes foi feita no mês de fevereiro, a partir das consultas aos conselheiros e colaboradores do MEP.

“O adiamento, têm a compreensão de todas. Vale lembrar que seus nomes foram anunciados no dia 08 de março, no Ato das Mulheres realizado na Praça Brasil, em Volta Redonda, momento da nossa primeira homenagem, exatamente no nosso dia”, disse a conselheira do MEP, Nerina Azevedo.

Entre as mulheres escolhidas, duas são ligadas à luta pelos Direitos humanos: Flávia Siqueira Lemos, líder comunitária na Ocupação D.Waldyr Calheiros e Renata Ferreira Rosa, educadora, militante dos Direitos da População Afro e gestora no Projeto Meninas de Lenço.

As outras duas são ligadas à área educacional no MEP - Nirlene Pirassol, pedagoga e conselheira no MEP, com atuação destacada no Pré-Vestibular Cidadão e Juliana Resende, servidora pública, professora e coordenadora do Pré-Vestibular Cidadão - Núcleo Retiro.

A entrega da certificação fica adiada sem previsão de uma nova data por conta da pandemia Covid-19, o novo coronavírus.

Comentários