Município de Volta Redonda tem 162 casos confirmados do novo coronavírus - Reprodução/ Redes Sociais
Município de Volta Redonda tem 162 casos confirmados do novo coronavírusReprodução/ Redes Sociais
Por O Dia
Volta Redonda - Volta Redonda tem mais 28 casos registrados do novo coronavírus, totalizando 162 pessoas infectadas no município. As informações foram divulgadas na tarde desta quinta-feira, dia 16, pelo prefeito Samuca Silva, através de uma live, nas redes sociais. Dos novos infectados, 12 são homens e 16 mulheres.

Prefeito destacou que 57 pessoas que estavam diagnosticadas com coronavírus, já passaram pelos 14 dias e não apresentaram mais sintomas da doença, porém ainda aguardam o resultado dos exames para declarar oficialmente que estão curados.
Samuca Silva disse ainda que o número de mortes no município permanece em sete e existem 775 casos suspeitos que aguardam resultado de exame. Outros 379 casos já foram descartados. Outro dado atualizado foi o de pacientes internados, agora Volta Redonda tem 27 pacientes internados com a suspeita do novo coronavírus e seis internações confirmadas com covid-19.
Publicidade
“Nós estamos fazendo nosso trabalho de planejamento, conseguindo evitar principalmente que pessoas da faixa de risco tenham contato com o vírus. Esta é a importância do isolamento social. E estamos testando as pessoas que procuram as unidades com suspeita. Isso é importante para a gente analisar e isolar as pessoas”, explicou o prefeito pedindo mais uma vez que, quem puder, fique em casa.

O prefeito ainda destacou que, por conta da pandemia, está circulando uma onda de fake news, o que atrapalha o acesso a informações verídicas e visa apenas causar desequilíbrio e pânico na cidade.

“Todos os contratos que, porventura, vamos assinar sobre o combate à Covid-19 encaminharemos ao Ministério Público. O próprio MP já esteve duas vezes em vistoria no Hospital de Campanha. Trabalhamos com transparência e todos os gastos serão divulgados em uma página da prefeitura. Hoje mesmo saiu um comparativo que mostra que o Hospital de Campanha de Volta Redonda é uma das unidades com menor custo no Brasil”, disse Samuca.

Ainda sobre fake news, outro ponto que o prefeito destacou foi com relação às falsas informações de que todos os servidores teriam salários reduzidos.

“Estou aguardando o estudo da Secretaria Municipal de Administração sobre a redução de 10% na folha de pagamento. Mas adianto que não vamos cortar de profissionais da saúde, educação, segurança. Os cargos comissionados deverão ter maior corte. Mas ainda seguimos aguardando esse estudo. Por isso, peço que os servidores não acreditem em quem quer propagar o pânico”, alertou o prefeito.

Samuca ainda destacou que determinou que o Procon, órgão de fiscalização no município, faça um mutirão nos estabelecimentos comerciais para apurar denúncias de preços abusivos. Segundo o prefeito, o cidadão que se sentir lesado pode entrar em contato com o Procon pelo telefone (24) 3339-9205.