Mais de 30 mil máscaras foram distribuídas em Volta Redonda

As unidades são feitas de tecido em 100% algodão e são reutilizáveis

Por O Dia

Nesta segunda-feira, dia 27, as máscaras foram distribuídas para os moradores do bairro Eucaliptal e na parte da tarde no bairro Santo Agostinho
Nesta segunda-feira, dia 27, as máscaras foram distribuídas para os moradores do bairro Eucaliptal e na parte da tarde no bairro Santo Agostinho -
Volta Redonda - A Prefeitura de Volta Redonda continua distribuindo máscaras como estímulo ao uso da barreira física importante à prevenção do novo coronavírus. As primeiras 33.718 mil máscaras, de um lote de 45 mil unidades, doadas pela Companhia Siderúrgica Nacional, já foram entregues.
Nesta segunda-feira, dia 27, no período da manhã, os acessórios de proteção foram distribuídos para os moradores do bairro Eucaliptal e na parte da tarde no bairro Santo Agostinho. De acordo com o prefeito Samuca Silva a medida de prevenção faz parte das ações da administração municipal com o objetivo de proteger a população contra a Covid-19.

“Pedimos para que quem possa, fique em casa. Mas se precisar ir às ruas, usar máscaras é fundamental. Vale destacar que estamos ainda higienizando as ruas e espaços públicos, fiscalizando o comércio, além das medidas restritivas implantadas. Vamos vencer esta pandemia que assusta o mundo inteiro”, esclareceu o prefeito.

O secretário de Projetos Especiais e Captação de Recursos e responsável pela logística da distribuição das máscaras, Joselito Magalhães destacou que os locais que já foram beneficiados com a iniciativa: São Sebastião, São Luiz, Roma, Ingá I e II, Jardim Europa, Três Poços, Aero Clube, Vila Santa Cecília, Aterrado, Santa Cruz, Santo Agostinho, Retiro, Vila Mury, Siderlândia, Açude, Vila Brasília, Belmonte, Padre Josimo, 249, Jardim Paraíba, além da Avenida Amaral Peixoto, no Centro da cidade.

“Estamos percorrendo a cidade toda e distribuindo em locais onde há mais fluxos de pessoas, como as entradas de agências bancárias, casas lotéricas e pontos de ônibus”, declarou o secretário.

O uso da máscara é indispensável na vida das pessoas neste período e a distribuição pela prefeitura será feita nos próximos dias em pontos distintos da cidade, buscando conscientizar a população de que o recurso tem importância fundamental na prevenção ao vírus. As unidades são feitas de tecido em 100% algodão, em cor branca e são reutilizáveis. Elas podem ser lavadas em solução com água e sabão. Cada embalagem, que é entregue lacrada, contém uma máscara.

O secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, destaca que barreiras físicas são decisivas parar conter a disseminação do vírus em ambientes comunitários.

“Mas não podemos esquecer também que os cuidados de higienização, como a lavagem frequente das mãos, além do uso de álcool gel, a restrição social e distanciamento entre as pessoas, são fundamentais. A máscara apenas reforça os protocolos de segurança”, complementou o secretário.

Comentários