Foram ofertadas dez mil vacinas para o público alvo durante todo o dia - Divulgação
Foram ofertadas dez mil vacinas para o público alvo durante todo o diaDivulgação
Por O Dia
Volta Redonda - Idosos acima de 60 anos, profissionais de saúde, motoristas de táxi e aplicativos, pessoas com doenças crônicas e profissionais das forças de segurança foram vacinados nesta quinta-feira, dia 30, através do sistema drive thru, na Ilha São João.
Com a oferta de dez mil doses, a etapa conseguiu imunizar mais de 5.800 pessoas. O motociclista Cleber Lourenço Lopes comentou sobre o sistema implantado de vacinação.

“Eu morava em Manaus e voltei para Volta Redonda há poucos meses e fui surpreendido com essas boas ações realizadas pela prefeitura”, disse o motociclista.

Para o prefeito Samuca Silva, a estratégia de levar a vacinação para a Ilha São João vem ampliando a cobertura de imunizados na cidade e diminuindo o tempo de espera do público-alvo.

“É uma estratégia que está funcionando muito bem. Disponibilizamos seis frentes de vacinação para que as pessoas não ficassem muito tempo na fila, além disso, evitamos transtorno no trânsito. Estamos evitando aglomerações e, por isso, queremos que essas pessoas voltem rapidamente para as suas residências e fiquem em segurança”, disse o prefeito.

O secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, ressalta que em todas as etapas da vacinação foram criadas estratégias que garantissem o bem-estar e segurança de quem precisa ser imunizado conta a H1N1.

“As pessoas foram bem orientadas e estavam apresentando sua documentação. Com isso, a vacinação ocorreu de forma rápida e muito ordenada”, disse o secretário.

Apesar de não imunizar contra o novo coronavírus, a vacina contra a gripe aumenta a imunidade do grupo de risco e reduz a circulação do vírus influenza. A vacinação também vai ajudar a diferenciar a gripe e a Covid-19, e em casos da doença, impede uma sobrecarga do sistema respiratório, que agravaria os sintomas em um eventual ataque do novo coronavírus.

Segundo informações do secretário de saúde, a vacinação domiciliar contra gripe para idosos e pacientes crônicos será mantida e o agendamento pode ser feito através do telefone 3339-9628. A prioridade é para idosos acamados ou deficientes, com a mobilidade reduzida. Outras estratégias para os outros públicos alvos serão divulgadas na semana que vem.