Medicamentos vendidos ilegalmente são apreendidos em Volta Redonda

Cerca de 150 medicamentos foram recolhidos pela Vigilância Sanitária da cidade

Por O Dia

Vigilância Sanitária de Volta Redonda recolheu cerca de 150 medicamentos
Vigilância Sanitária de Volta Redonda recolheu cerca de 150 medicamentos -
Volta Redonda - A Vigilância Sanitária de Volta Redonda fez a apreensão de 148 medicamentos que eram vendidos indevidamente por um aplicativo de comércio de alimentos online. Segundo informações da equipe da Vigilância Sanitária, a irregularidade foi descoberta através de denúncias. O material estava em um depósito e será totalmente descartado pela equipe.

A empresa envolvida (um supermercado) além de ter os medicamentos apreendidos, também foi multada. A chefe da Seção de Fiscalização Sanitária do município, Marlisa Portugal, esclareceu que a prática de venda de medicamentos desta forma é totalmente irregular.

“A venda de medicamentos em estabelecimentos que são autorizados apenas a comercializar alimentos, é proibida e coloca a saúde da população em risco”, explicou.
Vigilância Sanitária apreende medicamentos vendidos ilegalmente Volta Redonda - Divulgação
A farmacêutica Marissol Mattos ainda disse que a venda de medicamentos é exclusiva de farmácias e drogarias e deve ser acompanhada integralmente por um farmacêutico, responsável técnico.

No material apreendido estavam analgésicos, xaropes, colírios, medicamentos para tireoide, anti-inflamatórios, antibióticos, antialérgicos, anticoncepcionais, antiácidos, relaxantes musculares e medicamentos para gases, hipertensão, diabetes e enxaqueca.

Como aconteceu neste caso, a população pode continuar denunciando através do aplicativo FiscalizaVR ou do 156.

Galeria de Fotos

Vigilância Sanitária de Volta Redonda recolheu cerca de 150 medicamentos Divulgação
Vigilância Sanitária apreende medicamentos vendidos ilegalmente Volta Redonda Divulgação

Comentários