Clássico do Sul Fluminense será nesta quinta-feira, dia 2, às 20h, no Maracanã - Divulgação
Clássico do Sul Fluminense será nesta quinta-feira, dia 2, às 20h, no MaracanãDivulgação
Por O Dia
Volta Redonda - O retorno do Campeonato Carioca para o Volta Redonda Futebol Clube saiu como planejado: vitória que deixou a equipe na vice-liderança do grupo B. O Voltaço agora só de uma boa atuação para conseguir a classificação para a semifinal da Taça Rio.
E para carimbar a vaga, o comandante do Esquadrão de Aço, Luizinho Vieira quer um Voltaço protagonista no clássico do Sul Fluminense diante do Resende, nesta quinta-feira, dia 02, às 20h, no Maracanã.
Publicidade
“Estamos fazendo um grande campeonato e, mesmo com poucos dias de treinamentos, conseguimos repetir as nossas ideias, impor o nosso ritmo de jogo e dominar o adversário. Teremos uma partida difícil, um clássico pela frente, mas precisamos assumir o risco, nos impor, assumir a responsabilidade de ser protagonista do jogo. Sempre com muito respeito ao Resende, que tem uma grande equipe e está vindo de uma vitória fora de casa, mas vamos jogar para buscar a vitória e a classificação” disse o treinador.
O Volta Redonda Futebol Clube ocupa a segunda posição do grupo B, dois pontos atrás do líder Fluminense, um a frente do Madureira, terceiro colocado, e a dois do Vasco, quarto lugar. Com isso, o Esquadrão de Aço precisa de uma vitória simples para avançar para a semifinal.
Publicidade
Voltaço realiza testes pré-jogo e todos exames dão negativo para Covid-19 - Divulgação
Na tarde desta quarta-feira, dia 01, o Volta Redonda realizou o exame pré-jogo para detectar a covid-19, seguindo assim, o protocolo Jogo Seguro, desenvolvido pela Ferj.
Publicidade
Foram quarenta pessoas testadas, entre jogadores, membros da comissão técnica e staff que estarão na partida diante do Resende. Todos os testes deram negativo para o novo coronavírus.
De acordo com a direção do clube, o resultado dos exames reafirma a importância e a eficiência do protocolo, uma vez que, através dele, na rodada passada, foi possível identificar três atletas contaminados e isolá-los imediatamente, evitando a propagação do vírus e protegendo todos os envolvidos.