Alunos da Rede Municipal vão cumprir ano letivo de 2020 em Volta Redonda - Divulgação
Alunos da Rede Municipal vão cumprir ano letivo de 2020 em Volta RedondaDivulgação
Por O Dia
Volta Redonda - Com aulas online e a elaboração de um calendário de acordo com a Medida Provisória (MP) 934/20, que flexibiliza as normas para o ano letivo 2020 da educação básica, a Secretaria de Educação de Volta Redonda garante o cumprimento do ano para os estudantes da Rede Municipal.
A MP levou em consideração as medidas de enfrentamento pela situação de emergência de saúde pública durante a pandemia. De acordo com a secretária municipal de Educação, Rita Andrade, o mínimo de 800 horas letivas exigidas no documento, datado de 08 de julho deste ano, foi respeitado.
Publicidade
“Com planejamento e organização, os alunos de Volta Redonda terão o ano letivo cumprido em 2020. O resultado final deve ser entregue no dia 22 de dezembro, ainda através da plataforma Conect Edu, sem prejudicar as férias escolares de estudantes e professores”, avisou Rita.
Ainda de acordo com a secretária Rita Andrade, o calendário incluiu ainda dois períodos de recesso. O primeiro aconteceu entre os dias 13 e 16 de julho, semana do aniversário de Volta Redonda, comemorado no dia 17.
Publicidade
“Nesta semana não houve postagem de atividades e uso do chat na plataforma online de ensino. Os dias foram utilizados para planejamento do segundo semestre”, contou a secretária.
Rita Andrade também avisou que em outubro, as atividades serão suspensas na semana em que se comemora o Dia do Professor (15 de outubro), em reconhecimento ao trabalho e dedicação desses profissionais.
Publicidade
Alunos da Rede Municipal vão cumprir ano letivo de 2020 em Volta Redonda - Divulgação
O município de Volta Redonda, por conta da pandemia da covid -19, implantou o ensino de forma online, através da plataforma Conect Edu, e também disponibiliza material impresso para os estudantes sem acesso à internet, como explicou o prefeito Samuca Silva.
Publicidade
“Somente na área da educação, investimos em uma plataforma online de muita qualidade, que garante ensino e gestão; fornecemos material impresso para quem não tem internet; e distribuímos cestas básicas para garantir alimentação para nossos estudantes”, afirmou.