Samuca Silva escolhe Fátima Martins para compor a chapa como vice  - Divulgação
Samuca Silva escolhe Fátima Martins para compor a chapa como vice Divulgação
Por O Dia
Volta Redonda - Pré-candidato a reeleição, o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, escolheu Fátima Martins, presidente da Federação das Associações de Moradores (FAM) de Volta Redonda para compor a chapa como pré-candidata a vice-prefeita. A convenção municipal do PSC acontecerá no próximo sábado, dia 12. O partido terá ainda 32 candidatos a Câmara de Vereadores.

O prefeito Samuca Silva destacou que Fátima Martins tem um amplo conhecimento dos bairros de Volta Redonda e das demandas principais da população, tendo em vista a ampla experiência com o trabalho junto as associações de moradores.

“Fátima Martins é uma mulher de luta, conhecedora dos quatro cantos de Volta Redonda, e vai nos ajudar muito na construção de um projeto para cada bairro da cidade. Fátima Martins também exerce um trabalho belíssimo a frente do Bloco da Vida e tem muito a contribuir com projeto para as pessoas da terceira idade. Reconhecermos que precisamos avançar nos bairros. Nada melhor do que uma representante comunitária para nos ajudar a governar olhando para o dia a dia do cidadão”, disse o prefeito.

De acordo com o presidente municipal do PSC, Fernando Samuquinha, a escolha de Fátima Martins como pré-candidata a vice-prefeita demonstra coerência da chapa que deverá ser encabeçada pelo atual prefeito.

“Teremos uma chapa, como dizem, puro sangue. Estamos buscando ainda parcerias com outros partidos para nossa coligação, mas a escolha da Fátima demonstra nossa coerência. A ideia é continuar um trabalho estruturante, de gestão eficiente, desatando os nós da cidade “, comentou Samuquinha.

Para a pré-candidata a vice-prefeita, Fátima Martins, ter a possibilidade de fazer parte da chapa majoritária do partido, que deverá ser confirmada no sábado, é um orgulho.
“ Tenho uma história de trabalho para a comunidade de Volta Redonda e para a terceira idade. Estou muito feliz de ser lembrada e empenhada para que Volta Redonda possa continuar nesse caminho estruturante, com desenvolvimento econômico sustentável, olhar atento a saúde e gestão eficiente. Com minha experiência em trabalho com as associações de moradores, vamos ter uma atuação maior nos bairros”, disse Fátima.