Funcionários de call center de Volta Redonda pedem ajuda para Baltazar - Divulgação
Funcionários de call center de Volta Redonda pedem ajuda para BaltazarDivulgação
Por O Dia
Volta Redonda - Após ser procurado por funcionários de uma empresa de call center, o candidato a prefeito de Volta Redonda pelo PSD, Baltazar, enviou uma carta aberta à presidente da Caixa Beneficente dos Empregados da CSN (CBS), Monica Garcia Fogazza Rego. O objetivo é pleitear a manutenção de cerca de 2 mil empregos gerados pela empresa, instalada em terreno pertencente à CBS, na floresta da Cicuta, que recentemente foi notificada pelo Judiciário para deixar o espaço, colocando em risco suas operações e, consequentemente, seus empregados.
Na carta, Baltazar pondera que neste momento de pandemia, o desemprego é um dos maiores desafios enfrentados pela população e que essa decisão poderá afetar cerca de 6 mil pessoas. “A garantia e a geração de empregos sempre foram prioridades em minha trajetória política. Na crise que estamos passando é fundamental manter esses postos de trabalho ativos em nossa cidade”, disse Baltazar.
Publicidade
Em outro trecho do documento, Baltazar reconhece que “não há o que contestar na decisão do poder Judiciário.” Entretanto, o candidato solicitou um prazo mínimo de quatro meses para que a empresa encontre um novo local para sua sede e monte suas operações, preservando assim, a renda de 2 mil famílias. “Tomamos a atitude de apresentar tal pedido com a confiança no espírito de responsabilidade social que essa empresa sempre demonstrou. Certo da criteriosa análise de atendimento deste pedido, estaremos confiantes no aguardo de uma resposta positiva”, finaliza a carta.