Renata Ferreira, Fundadora do coletivo 'Feira Das Mina Preta’ - Reprodução/ Redes Sociais
Renata Ferreira, Fundadora do coletivo 'Feira Das Mina Preta’Reprodução/ Redes Sociais
Por Denise Azevedo
Volta Redonda – A ‘Feira Das Mina Preta’ que reúne mulheres negras afro empreendedoras que trabalham com moda afro brasileira, artesanato, literatura, estética e gastronomia participa da 4ª edição da ‘Semana do Povo Preto’ em Volta Redonda. O evento teve início no último dia 18, em celebração ao Dia da Consciência Negra, 20 de novembro.
A fundadora da ‘Feira Das Mina Preta’, Renata Ferreira conversou com o jornal O Dia e falou sobre a participação no evento, também sobre racismo e sobre a importância do Dia da Consciência Negra.
Publicidade
Na última semana quando a divulgação da ‘Semana do Povo Preto’ começou, alguns comentários a respeito do título do evento surgiram na internet, como por exemplo: “o próprio título é racista”. Renata comentou sobre o assunto.
“Acho que as pessoas precisam entender que respeito é bom e a gente povo preto gosta, que se hoje podemos ter um evento como esse e com esse nome é porque é fruto de muita luta, muito sangue pisado. E que racismo reverso não existe”, afirmou.
Publicidade
Renata Ferreira, produtora e animadora cultural, ainda falou sobre a importância do Dia da Consciência Negra.
“O Brasil é um país racista, fomos educados sobre o mito da democracia racial e ao longo dos anos nós negros fomos mostrando que isso não existe. Não existe igualmente de oportunidades, existe sim um extermínio de jovens negros e aí eu te pergunto cadê a consciência humana? O dia da Consciência Negra é um dia de reflexão”, declarou.
Publicidade
Renata destacou que o racismo não pode ser banalizado. E incentivou que as pessoas leiam sobre o assunto e façam uma reflexão sobre a importância de se colocar no lugar do outro.
“Minha mensagem é para que as pessoas reflitam e se coloquem no lugar do outro, o racismo não pode ser uma coisa natural, o racismo mata, mata sonhos, mata oportunidades e mata pessoas pelo fato de terem a pele escura. Isso é absurdo!! Reflitam, estudem, leiam!!”, concluiu.
Publicidade
A participação da ‘Feira Das Mina Preta’, na Semana do Povo Preto acontece nesta segunda e terça, dias 23 e 24, a partir das 15h. Neste ano, por conta da pandemia, o evento é realizado de forma virtual e pode ser acompanhado pelo link https://cultura.voltaredonda.rj.gov.br/culturaafro e também pelo Instagram @feiradasminapreta.coletivo.