Educadores (as) do MEP-VR traçam novos rumos para o ano de 2021 - Divulgação/ MEP-VR
Educadores (as) do MEP-VR traçam novos rumos para o ano de 2021Divulgação/ MEP-VR
Por O Dia
Volta Redonda - Parte da equipe de voluntários do Movimento Ética na Política de Volta Redonda (MEP-VR) participaram na noite de quarta-feira, dia 02, do encontro de trabalho para traçarem os rumos do Pré-Vestibular Cidadão (PVC).
A reunião aconteceu de forma presencial, mas com o distanciamento necessário e outros cuidados por conta da pandemia. A atividade pública foi realizada na praça da Igreja Santo Antônio, bairro Niterói. A igreja acolhe e apoia o programa desde 2000.
Publicidade
“Senti a necessidade diante do nosso isolamento desde março, com todo cuidado, propor este encontro na praça ao ar livre. A presença de vocês ilumina e alegra nossos corações na gratidão a Deus”, disse Nirlene Pirassol Tepedino, pedagoga e conselheira do Movimento, que ofereceu um cartão-mensagem para cada participante.
Na sequência, na mediação da professora Juliana Resende, da equipe pedagógica (PVC), uma avaliação do ano de 2020 foi feita e ainda novas perspectivas para 2021.
Publicidade
Educadores (as) do MEP-VR traçam novos rumos para o ano de 2021 - Divulgação/ MEP-VR
Educadores (as) do MEP-VR traçam novos rumos para o ano de 2021Divulgação/ MEP-VR
De acordo com a avaliação, o ano de 2020 proporcionou: experiências de aprendizado entre os voluntários (destaque para equipe de informática) - escuta e diálogo com estudantes, proximidade com as universidades (socioeducacional e socioambiental), aumento corpo de voluntariados com seis novos educadores e crescente visibilidade via mídias.
Publicidade
Para 202I, o MEP pretende redimensionar a estrutura de comunicação entre alunos e professores, definir equipe de acompanhamento para ENEM, as inscrições para o Pré (PVC) somente em fevereiro, criar protocolo de acolhida para os novos voluntários, redimensionar sistema de aulas online, reafirmar a dimensão transversal e sociopolítica da ‘escola MEP’.