Neste sábado, dia 05, acontece a última etapa da Campanha Municipal Contra a Raiva Animal, em Volta Redonda - Divulgação
Neste sábado, dia 05, acontece a última etapa da Campanha Municipal Contra a Raiva Animal, em Volta RedondaDivulgação
Por O Dia
Volta Redonda - Neste sábado, dia 05, acontece a quinta e última etapa da Campanha Municipal Contra a Raiva Animal, promovida pela Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Dez postos de vacinação funcionarão das 8h às 17 horas. As doses serão ministradas nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros São Geraldo, Belvedere, Rústico, Monte Castelo, São João, Siderópolis, Vila Rica, Roma I e II, além da Praça Brasil, na Vila Santa Cecília.
Na quarta etapa de vacinação, que aconteceu no último sábado, dia 28, foram imunizados 6029. Desse total 4825 (75%) eram cães e 1204 gatos (25%). No terceiro dia de vacinação, dia 07 de novembro, o número de animais ficou abaixo do esperado. A estimativa, de acordo com a Vigilância Ambiental da SMS, que organiza a campanha, era de vacinar 5.575 animais (4.419 cães e 984 gatos) e foram vacinados 5.403 animais no total, o que equivale a 81,8% de cães e 18,2% de gatos, com um decréscimo de -10,5% de animais imunizados.
Publicidade
No segundo sábado, o total ficou 5,1% menor do que o previsto para os bairros atingidos, em comparação com a última campanha. E no primeiro dia de imunização, foi registrado um aumento de 12,8% de animais vacinados em comparação com a campanha de 2018. Para o próximo sábado, a meta é vacinar 3 mil animais aproximadamente.
Segundo a coordenadora da Vigilância Ambiental do município, Janaína Soledad, até agora já foram vacinados 19.348 animais, aproximadamente 95% da meta total.
Publicidade
“Nossa meta para a vacinação desse ano é de imunizar aproximadamente 22 mil animais, entre cães e gatos. O número total de animais em Volta Redonda com indicação para vacina é de 25 mil cães e 2.500 gatos. O objetivo é imunizar 75% deste público”, disse a coordenadora.
Para a segurança dos profissionais e da população, todos os protocolos de prevenção estão sendo seguidos. Só será permitida a entrada e vacinação de um animal por vez e os responsáveis deverão usar máscara. Além disso, não serão vacinados animais levados por crianças, sem o acompanhamento de um responsável.
Publicidade
A vacina também não poderá ser disponibilizada ao tutor para vacinação posterior dos animais, por questões técnicas. Serão vacinados os animais maiores de 90 dias e, apesar de não haver contraindicação, não serão vacinados animais em período de gestação ou lactantes.
Esse ano, os postos de vacinação foram ampliados, de 36 para 50, a fim de evitar aglomerações. Além disso, eles foram distribuídos em cinco sábados, de acordo com áreas geográficas do município para atender melhor a população.